Blog

16 belas cachoeiras que não podem faltar no checklist de um amante da natureza


A vida em grandes metrópoles muitas vezes pode ser estressante. São carros e buzinas para todos os lados 24 horas por dia, sem mencionar a correria de quem vive nelas, o que pode fazer com que o mais calmo e paciente cidadão perca a cabeça. É claro que não demora muito começarmos a buscar válvulas de escape para fugir dessa loucura toda – o que é bom e saudável!
Me diga se em um momento de cansaço e pico emocional, você não pensou em fugir para um lugar tranquilo e sem ruídos – como um com belas cachoeiras, só para variar. (Na verdade a gente sabe que frequentadores desta página pensam nisso a todo momento – risos).
Você deve levar em conta que não é preciso tanto para planejar um roteiro que inclua muita beleza natural, sossego e contemplação. Abaixo, 16 motivos levantados pela Dreampass Experiences para você trocar uma rotina cansativa por algumas horinhas relaxantes com paisagens espetaculares que, com certeza, jamais serão esquecidas.

1- Cachoeira do Gato – Ilhabela

Foto: Fernando Barros.

Ilhabela é uma das regiões mais queridinhas do litoral norte de São Paulo. E nós entendemos o porquê de toda essa popularidade. As praias são incríveis e os horizontes estonteantes. Por isso, selecionamos a Cachoeira do Gato, localizada em Ilhabela na Praia de Enxovas, com uma queda de 80m. Um verdadeiro deleite para os olhos.
Saiba mais sobre aqui.

2- Cachoeira Casca D’anta – Serra da Canastra

Foto: Divulgação.

O Parque Nacional da Serra da Canastra é repleto de riqueza ambiental. Não tem como não se apaixonar pelas belas paisagens que encontramos por lá. É lá que nascem as águas do Rio São Francisco, única bacia hidrográfica exclusivamente brasileira. Escolhemos a cachoeira Casca D’anta pois é a partir dela que se inicia a jornada do Rio Velho Chico. A Cachoeira tem 187m de queda livre (considerada como a sexta maior cachoeira do Brasil). A Casca D’anta esta localizada no Vão dos Cândidos, vale que divide a Serra da Canastra e a encantadora Serra da Babilônia.
Mais sobre esta maravilha aqui.

3- Cachoeira do Veado e Cachoeira Santo Isidro – Serra da Bocaina

Cachoeira Santo Isidro | Foto: Divulgação.

A Serra da Bocaina é tão maravilhosa que nós escolhemos duas cachoeiras que particularmente, adoramos! A Cachoeira do Veado é a mais famosa do Parque, e possui uma queda que atinge até 100 metros de altura, formando poços que agradam e muito os banhistas.
Já a Cachoeira do Santo Isidro (que aparece na foto abaixo) é a mais próxima da entrada do Parque Nacional da Serra da Bocaina, localizada em São José do Barreiro, com uma queda de aproximadamente 50m de altura, que também forma um poço com fundo arenoso, perfeito para se banhar.

4- Cascata do Caracol – Canela

Foto: Divulgação.

Situada no Parque Estadual do Caracol, no município de Canela, a Cascata do Caracol possui uma queda de aproximadamente 131 metros, e, para atingir a base é preciso descer uma escada que possui 730 degraus. Além de toda essa beleza da cascata, ainda nos resta todo o entorno do Parque para contemplar.

5- Cachoeira do Tigre Preto – Cânion Fortaleza

Foto: Divulgação.

Você já reparou na estonteante beleza do Cânion Fortaleza? A Cachoeira do Tigre Preto fica no Parque Nacional da Serra Geral, em Cambará do Sul. O mais incrível dessa cachoeira são os conjuntos de cascatas e a maneira como as águas caem em meio a natureza, num ângulo bastante raro. As pedras permitem que se vá até o meio das águas. No Cânion Fortaleza é possível conhecer o Mirante, a Cachoeira do Tigre Preto a famosa Pedra do Segredo.
Confira mais sobre, aqui.

6- Cachoeira dos Antares – São Tomé das Letras

Cachoeira dos Antares | Foto: Roberto Lazzarini/Foto Aventureiro.

Em São Tomé das Letras, no estado de Minas Gerais, sentimos a espiritualidade refletida na natureza, nas crenças e no respeito das pessoas, com a filosofia hippie em cada cantinho da cidade. Só conhecendo para saber e sentir toda essa energia positiva que é transmitida.
Devido a quantidade de belezas naturais, preferimos listar algumas das mais belas cachoeiras: Cachoeira do Paraíso, Cachoeira do Véu da Noiva, Cachoeira da Lua, Cachoeira da Borboleta, entre outras.
Bateu aquela vontade de ir pra lá né? Mais aqui e aqui.

7- Cachoeira Véu da Noiva – Chapada dos Guimarães

Foto: Divulgação.

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães está localizado em Mato Grosso. O Circuito das Cachoeiras é uma Trilha de aproximadamente 8km dentro do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, contendo trilhas de nível leve a moderada, para os mais aventureiros. Ao longo do trajeto contempla-se o cerrado e áreas de transição para as matas de galeria que se formam às margens do rio. As diferentes formações geológicas, os belos paredões da Chapada, fazem da vista uma das mais esplendidas da região.
O Parque possui sete cachoeiras que são as principais atrações, com águas cristalinas. A cachoeira do Véu da Noiva é um dos principais pontos de visitação do Parque e possui uma queda livre de 86 metros, e é uma das paisagens mais belas que você vai encontrar por aí. Saiba mais sobre, aqui.

8- Cachoeira do Salto – Chapada dos Veadeiros

Foto: Divulgação.

No Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros em Goiás, encontramos inúmeras cachoeiras de tirar o fôlego. Mas o destaque vai para a Cachoeira do Salto, com 80 metros de queda e uma vista que só quem conheceu consegue descrever. Parece paisagem de filme, não é mesmo?

9- Cachoeira do Abade – Pirenópolis

Foto: Divulgação.

A Cachoeira do Abade, localizada também em Goiás, possui uma excelente estrutura com trilhas incríveis, banheiros e restaurantes no entorno. É uma cascata com queda de 22 metros cercada de fauna e flora. Cheia de vida e beleza natural, impossível não se sentir mais leve em uma paisagem como essa, não acham?! Sabe o que é melhor? A trilha para acessar essa cachoeira é considerada fácil e tem apenas 300 metros de extensão.

10- Cachoeira do Buracão e Cachoeira da Fumaça – Chapada Diamantina

Cachoeira da Fumaça (por cima) | Foto: Divulgação.

A Chapada Diamantina é conhecida por ter uma sequências de grandes e lindas cachoeiras, porém a maior e mais famosa do Parque Nacional é a Cachoeira da Fumaça com 380 metros de altura. Mas logo avisamos que é preciso estar preparado para encarar a trilha de acesso que pode durar de 2 à 3 dias. Mesmo a trilha mais curta dura de 3 a 5 horas. Coragem, hein?
A Cachoeira do Buracão é linda e tem uma incrível reputação entre os turistas que a conhecem. Com 90 metros de altura e um rio de águas escuras, certamente vai deixar você de boca aberta de tanta beleza.
Mais sobre, aqui e aqui.

11- Cachoeira do Tabuleiro – Serra do Espinhaço

Foto: Divulgação.

Queda d’água situada na região da Serra do Espinhaço, no município de Conceição do Mato Dentro em MG. Além contemplada por uma paisagem hipnotizadora e estonteante, é a Cachoeira mais alta do Estado de Minas Gerais (com 273 metros de queda livre) e a terceira maior queda d’água do Brasil. Difícil não se apaixonar.
Pensando em conhecer? Antes dê uma olhadinha aqui e aqui.

12- Garganta do Diabo – Cataratas do Iguaçu

Foto: Divulgação.

Partindo do conceito de que o melhor sempre fica para o final, não poderíamos deixar de citar a Garganta do Diabo. Provavelmente você deve conhecer a atração pelo nome de Cataratas do Iguaçu, a maior queda com fluxo d’água da região. Localizada no Parque Nacional do Iguaçu no lado Brasileiro, essa “grande cachoeira” é uma daquelas experiências que você não pode perder de jeito nenhum. Talvez, uma das paisagens mais exuberantes, majestosas e assustadoramente impressionantes que você verá na vida.

13- Cachoeira Boca da Onça – Bonito

Foto: Fernando Barros.

A região de Boca da Onça é verdadeiramente um paraíso ecológico. A cachoeira presente é a maior do estado do Mato Grosso do Sul, com 156 metros de queda. O atrativo está localizado no município de Bodoquena, ao lado de Bonito e sem dúvidas é uma experiência inesquecível. Para chegar até ela, é necessário se aventurar por uma longa e tranquila trilha de 4km e 3h30 de caminhada, passando por outras cachoeiras e piscinas naturais. Na volta, o retorno é por uma escadaria de 886 degraus ou por uma caminhada de 1,2 km. Vale super a pena se aventurar! Saiba como, aqui.

14- Cachoeiras do Cânion de Furnas

Foto: Divulgação.

Localizado entre a Serra da Canastra e o Lago de Furnas, o município de Capitólio possui diversos atrativos naturais. Conhecida por muitos como o “Mar de Minas”, o Lago de Furnas é o principal atrativo do município que também possui o maior número de embarcações (barcos e lanchas) do estado de Minas Gerais.
Quem visita a região encontra um leque de atrações históricas e culturais para todos os gostos. As belezas da região são surpreendentes: cachoeiras maravilhosas, piscinas naturais, montanhas com trilhas fascinantes que podem ser exploradas por praticantes de trekking, mountain bike, cavalgadas, motociclismo e muitas outras modalidades do turismo de aventura. Para se aventurar por lá, clique aqui.

15- Cachoeira do Fundão – Serra da Canastra

Foto: Fernando Barros.

A Cachoeira do Fundão é formada através das águas do Rio Santo Antônio e possui uma queda tão forte que provoca pequenas ondas no poço onde os banhistas se concentram. Além de muito bonita, está repleta dos sons da natureza, por ser uma acachoeira de difícil acesso, então, muito preservada. As pessoas que conhecem não cansam de admirar tamanha beleza natural. A cachoeira possui uma queda livre de 80 metros e é considerada uma das mais bonitas do país. Mais sobre aventuras incluindo a cachoeira, aqui.

16- Cachoeiras de Presidente Figueiredo

Foto: Embratur.

Por último e não menos importante, temos as Cachoeiras de Presidente Figueiredo, para mostrar que um é pouco, dois é bom e 159 é mais que demais – no melhor dos sentidos. Sim, são 159 cachoeiras dentro das zonas urbanas e rural do município do Amazonas. Entre elas, 49 são catalogadas, 7 corredeiras, 9 cavernas e grutas que juntas revelam que o estado pode sim se orgulhar pelo rótulo de “terra das cachoeiras”.  Para saber mais sobre aventuras por esta região, clique aqui.

Depois de tantas opções lembramos o quanto é fácil – e muitas vezes necessário – fugir da rotina.
Nosso país é tão rico em belezas naturais e paisagens paradisíacas, que as vezes por não estarmos diariamente em contato com elas, esquecemos o quão sortudos somos por pertencer a uma pátria com tanto esplendor.
Mas e você? Ficou com vontade de largar tudo e correr para alguma dessas cachoeiras? Tudo bem, a gente também! E ficamos curiosos para saber quantas e quais dessas cachoeiras listadas você já conheceu. Conta aí pra gente!

Informações e viagens a algumas das cachoeiras deste post e muitas outras estão disponíveis no site e no app da Dreampass Experiences.
Para ficar por dentro das novidades, baixe gratuitamente o aplicativo através do seu smartphone Android ou iOS.

Texto: Equipe Dreampass Experiences.
Este é um publieditorial.

Votar

21 pontos
Upvote Downvote

Total de Votos 35

Votos Positivos: 28

Upvotes percentage: 80.000000%

Votos Negativos: 7

Downvotes percentage: 20.000000%


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…

Pular para a barra de ferramentas