Blog

4 dias em contato com a natureza te deixam mais calmo e criativo, dizem pesquisas

Dia atrás publicamos aqui, uma pesquisa que demonstrou que acampar durante uma semana, regula seu relógio biológico e pode prevenir doenças. Neste post,  trazemos outras 3 pesquisas  que reforçam a tese do quão importante é ter um contato periódico com a natureza.

A natureza te deixa mais criativo

A primeira é uma pesquisa realizada pelos professores de psicologia,  Ruth Ann Atchley da Universidade do Kansas e David L. Strayer da Universidade de Utah, que demonstrou que as funções cerebrais relacionadas à criatividade e a solução de problemas, são renovadas quando você se desconecta da tecnologia e se reconecta com a natureza.  Neste estudo, os participantes fizeram uma trilha de 4 dias e foram proibidos de usar tecnologia.  Depois disso foram convidados a executar tarefas que exigem criatividade e resolução de problemas complexos.  O estudo descobriu  que o contato com a natureza fez aumentar o desempenho dos participantes em 50%.

Bosque Nuboso em Santa Elena - Costa Rica - Foto: Silnei L Andrade

Bosque Nuboso em Santa Elena – Costa Rica – Foto: Silnei L Andrade

O motivo para essa melhora, segundo a pesquisa, é porque a tecnologia e o barulho das áreas urbanas exigem demais da nossa atenção,  o que  faz sobrecarregar nossas funções cognitivas.

Se você estiver se sentindo sobrecarregado e estressado pela vida urbana e pelo ritmo 24/7 da vida online,  basta desconectar e ir fazer uma trilha ou acampamento de 4 dias (sem levar seu smartphone obviamente) que você ficará renovado.  Essa prática reduz a fadiga mental, acalma a mente e ajuda a pensar criativamente.

A natureza acalma

Outro estudo muito parecido, foi executado por um grupo de cientistas do Japão, Coréia e Finlândia que fez testes com 48 jovens japoneses. Os  48 participantes realizaram caminhadas em florestas em quatro locais diferentes.  Os dados colhidos indicaram que as caminhadas na floresta tiveram influência positiva no relaxamento cardiovascular dos participantes e que aumentaram significativamente a atividade nervosa parassimpática de todos eles.  O sistema nervoso parassimpático é responsável por responder às situações de calma e por ativar ações do organismo como a desaceleração dos batimentos cardíacos, a diminuição da pressão arterial e a diminuição da adrenalina e de açúcar no sangue.

Puentes Colgantes em Monteverde - Costa Rica - Foto: Silnei L Andrade

Puentes Colgantes em Monteverde – Costa Rica – Foto: Silnei L Andrade

A natureza limpa a mente

Em um terceiro estudo realizado na Universidade de Stanford,  os pesquisadores investigaram como o contato com a natureza afeta a “ruminação”( termo utilizado para denominar formas obsessivas de pensamento na qual as mesmas ideias ou temas se repetem e excluem outros tipos de atividade mental),  e descobriram que o contato com ambientes naturais, como fazer trilhas por exemplo, diminui os pensamentos obsessivos e negativos, ou seja, a natureza ajuda a limpar e acalmar a mente.

A natureza nos faz sugar o tutano da vida

A ciência parece estar descobrindo o que Thoreau relata no capítulo 2 de Walden: “Fui para o bosque porque pretendia viver deliberadamente, defrontar-me apenas com os fatos essenciais da vida, e ver se podia aprender o que ela tinha a me ensinar, em vez de descobrir à hora da morte que não tinha vivido. Não desejava viver o que não era vida. Queria viver em profundidade e sugar todo o tutano da vida.”

Bora pro mato?  Confira os posts relacionados:

Votar

1 ponto

Total de Votos 1

Votos Positivos: 1

Upvotes percentage: 100.000000%

Votos Negativos: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…