Blog

As estradas mais bonitas da América do Sul

Los caracoles (Andes) – Ruta Nacional 60/Argentina e Ruta 31-CH/Chile – A estrada se encontra nas províncias argentinas de Córdoba, Catamarca e La Rioja. No KM 794 se une a Ruta Nacional 9 e nas proximidades de Villa del Totoral, no KM 775, se une a Paso de San Francisco, limite com o Chile. A estrada segue até a cidade chilena de Copiapó. No Chile a estrada segue como Ruta 31-CH.

 

Los Caracoles - Foto: Elportaldemendoza.com

Los Caracoles – Foto: Elportaldemendoza.com

 

 

Camino a Los Yungas Bolívia – Desde 1995 é conhecida como a estrada mais perigosa do mundo. A estrada que tem 80Km é uma das ligações rodoviárias de La Paz a Los Yungas e é conhecida de mochileiros de todo o mundo, incluindo brasileiros. Ali é comum a prática do Downhill (descida do percurso o mais rapidamente à bordo de uma bicicleta).

Yungas road

Foto de Avinash Achar.

Carretera Austral (Ruta CH-7) – Chile – A estrada que tem 1.240Km está nos andes patagônicos, em uma região com presença de gelo, rios e lagos, e belas paisagens no sul do Chile.

Carretera Austral

Foto de Wild_Places.

Ruta Nacional 23Argentina – A estrada fica na região centro sul da província de Rio Negro, onde está, entre outros atrativos, a conhecida Bariloche. Mais adiante sentido sul está a região do cerro Perito Moreno, geleira ícone de Patagônia. Na foto abaixo o Cerro Fitzroy, ou El Chaltén. El Chaltén também é o nome de uma cidade argentina, fundada em 1985 para manter a soberania do país sobre territórios patagônicos fronteiriços (e disputados) com o Chile.

Camino hacia el Chaltén...

Foto de Juan Pablo.

Ruta 40 – Argentina – A estrada paralela à Cordilheira dos Andes e cruza a Argentina de Norte a Sul (ligando a Patagônia à Bolívia) é uma das mais belas estradas argentinas e da América do Sul. A Ruta 40 passa por três regiões do país (Norte, Cuyo e Patagônia), por 13 lagos e 20 parques nacionais e em alguns pontos está a 4.000m acima do nível do mar. A mais longa rodovia argentina tem 5.224Km.

Ruta 40

Foto de piper969.

Abre o post imagem da Ruta 40 na Argentina, feita por Ben Price.

OBS: O Brasil terá um post só dele, em breve.

E você, qual estrada incluiria aqui?

Comentários do Facebook

comentários

27 Comments

27 Comments

  1. Sueli Hioka

    17 de julho de 2015 at 8:52

    Pessoal passei por algumas estradas do post. São realmente lindas! Para quem gosta de viajar de carro já vou dizendo que vale muito a pena! Podem dar uma olhada no relato que fiz para tem uma idéia da beleza dos Andes: http://www.mochileiros.com/zig-zag-pelos-andes-chile-argentina-pasos-vergara-libertadores-agua-negra-e-san-francisco-t93492.html
    Um dos trajetos que mais gostei foi a travessia do Paso San Francisco, entre Fiambalá/AR a Copiapó/Chile. Outro trecho bonito é a travessia Arica/Parque Sajama (BO).

  2. Pingback: Death road - Bolívia (Camino a los Yungas) - Mochila Brasil

    • olegario amaral

      27 de março de 2015 at 13:44

      Meu canal: OlegAmaral no YouTube e verá algumas dessas estradas que passei……incríveis!

  3. michael

    9 de novembro de 2013 at 18:31

    Rodovia BA-148 entre Livramento de Nossa Senhora e Rio De Contas, Bahia. Incluiria também o trecho da BR-242 entre o acesso a Lençóis e Palmeira, também na Bahia, e a BR-116 entre Guapimirim e Teresópolis (RJ).

  4. Jayme Prado

    19 de julho de 2013 at 19:40

    Não conheço as estradas da arg e Chile mas garanto q a Serra do Rio do Rastro não perde para nenhuma apesar de pequena, 12 kn é fantástica

  5. Alessandra

    22 de maio de 2013 at 20:28

    Fui de Calama ate Arica (chile) estrada bellissima , costa e montanha .

  6. Josiane

    22 de maio de 2013 at 19:39

    A bela Carretera Internacional Arica-La Paz, onde passamos pelo povoado de Putre, pelos nevados Payachatas (Parinacota e Pomerope) Lago Chungará no Parque Nacional Lauca e Parque Nacional de Sajama, sem falar das curvas sinuosas, das Llamas, alpacas, vicuñas e da altitude de mais de 4500 metros. Tem também a Carretera/Rodovia Interoceânica com cerca 2,6 mil quilômetros entre Rio Branco,AC, Iñapari, na fronteira com o Brasil e os portos peruanos. Chega-se a 4800 m de altitude, passando-se por vários povoados e nevados.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…