Blog

10 bebidas brasileiras para apresentar ao amigo gringo


Comidas e bebidas carregam em si muito da cultura de um país e em um de dimensões continentais como o nosso, cada região tem suas especialidades.  Abaixo listamos 10 bebidas (alcoólicas e não alcoólicas) para apresentar àquele amigo gringo ou até mesmo ao amigo brasileiro de outro Estado.

1- Caipirinha

Oferecida em bares de todo o país (e em muitos pelo mundo), dispensa apresentações e a maioria dos gringos em viagem ao Brasil já experimentou uma, portanto ele provavelmente não achará que você está lhe mostrando algo novo, mas… você, como bom brazuca que é, pode levar o amigo pra tomar “A capirinha”.

A mistura de cachaça, limão (geralmente Taiti) com casca, gelo e açúcar costuma agradar todos os paladares. As caipirinhas também têm variações substituindo o limão por outras  frutas, como a tangerina ou mexerica ou até mesmo o maracujá.

2- Cachaça

A cachaça é o “nosso whisky”, “nossa tequila” e a cada dia é mais consumida mundo afora. Se seu amigo curte um destilado, mas só conhece a 51 exportação e outras do tipo, é bom levá-lo a um bom boteco pra ele tomar uma cachaça mineira de qualidade.

Uma dose de cachaça Anísio Santiago borbulhando no copo – Foto: Silnei L Andrade

 

3- Caldo de cana

Podemos chamar o Caldo de cana de “suco de cana” (lembrando como o trapalhão Mussum chamava a cerveja de suco de cevadis – cevada). Também conhecido como garapa, o caldo extraído da moagem da cana é consumido in natura e é pura energia.  Somado a um bom pastel de feira, é a ‘cara’ de São Paulo. Há também versões com hortelã e abacaxi, ou de abacaxi com hortelã.

4- Guaraná

Originário da Amazônia, portanto também encontrado nos vizinhos Colômbia, Peru e Venezuela, a frutinha do guaranazeiro rendeu uma típica ‘soda’ brasileira e foi aqui que ganhou fama. Há várias marcas de refrigerantes oferecendo guaraná no mercado brasileiro, tanto nas versões diet como na convencional. A mais conhecida delas é a Antarctica

Bônus track: Guaraná Jesus – Criado em 1920 por um farmacêutico e desde 2006 fabricado pela Coca-Cola o guaraná rosa maranhense tem um leve sabor de cravo e canela e no Estado do Maranhão é vendido até em grandes redes de fast-food como parte dos “combos”. Só tem lá!

Guaraná Jesus / Foto: Divulgação

Guaraná Jesus / Foto: Divulgação

 

5- Cajuína

Cajuína - Foto: Bruno Spada / ASN

Cajuína é fabricada por diversas empresas – Foto: Bruno Spada / ASN

Bebida feita a partir do Caju, fruta nativa brasileira é até música de um dos maiores ícones de (boa) música brasileira, Caetano Veloso. Símbolo cultural da cidade de Teresina, capital do Piauí, a bebida não alcoólica é típica do nordeste do país.  Como o Guaraná Jesus, também foi criada por um farmacêutico, só que em 1900, que via nela um substituto benévolo à cachaça – um ação de combate ao alcoolismo.
Bônus track: Um bom suco de caju natural também é boa pedida para apresentar ao amigo. Bem como de todas as nossas frutas típicas como cajá, cupuaçú, umbu, acerola etc.

6- Água de coco

Água de coco é hidratante natural - Foto: Claudia Severo / Mochila Brasil

Água de coco é hidratante natural – Foto: Claudia Severo / Mochila Brasil

Você pode achar estranho alguém não conhecê-la, mas pode haver sim, principalmente àqueles amigos que ainda não visitaram muitos destinos tropicais, ou que tiveram receio de experimentar. Só não vale convidar o cara pra tomar uma água de coco de caixinha. Água de coco bem geladinha (coco de coqueiro anão tem a água mais docinha, pelo menos dos que eu já experimentei), cujo coco foi aberto na hora, numa bela praia brasileira ou depois de um trekking (porque é uma bebida hidratante) é boa opção para qualquer ser humano.

Chimarrão tradicional - Foto: Escola do Chimarrão

Chimarrão tradicional – Foto: Escola do Chimarrão

 

7- Chimarrão

A bebida feita com erva-mate é uma instituição nos Estados do sul do país e principalmente no Rio Grande do Sul (bem como nos vizinhos Argentina e Uruguai). Até em suas andanças mundo afora os gaúchos levam consigo suas cuia (recipiente onde vai os ingredientes), bomba (aquela espécie de canudo/filtro metálico), água quente (sem ferver) e a erva.
O ato de compartilhar o chimarrão num grupo também é algo tradicional e simbólico e um bom momento de interação entre amigos e familiares.

8- Tereré ou Tererê

Peço desculpas aos especialistas, mas posso chamar o Tereré de um chimarrão frio. Bastante tradicional nos Estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e também no vizinho Paraguai, assim como o chimarrão tem origem nas culturas indígenas da América do Sul.
Além da água fria, outra diferença com relação ao Chimarrão é seu recipiente, a guampa que é feita com chifre de boi.

 

9- Batidas

Batidas geralmente levam leite condensado - Foto: Divulgação / Nestlè

Batidas geralmente levam leite condensado – Foto: Divulgação / Nestlè

Feitas com cachaça, vodka ou outro destilado, geralmente com açúcar ou leite condensado, misturados à variadas frutas é muito comum em festas populares de todo o Brasil, bem como em praias de todo o país.
Muitas contam com bastante criatividade por parte dos vendedores que dão os mais engraçados e diferente nomes aos seus coquetéis. Escolha aquela especial para apresentar ao amigo gringo.

10- Vitaminas

Nenhuma novidade pra nós que as consumimos desde pequeninos e as encontramos em várias padarias e lanchonetes Brasil afora, mas as frutas misturadas com leite e açúcar podem ser um boa surpresa para um paladar estrangeiro.
Não que não haja isso em outros países, mas você pode indicar “A vitamina” e incitar o amigo a experimentar sabores pouco convencionais até pra nós, do tipo manga com leite ou a para nós, basicona vitamina de abacate (boa parte dos gringos conhecem pratos salgados com a fruta, como por exemplo o mexicano Guacamole e, misturar a fruta com leite e açúcar pode ser uma surpresa pra ele).

E você, que outra bebida não deixaria de apresentar a um amigo gringo? E onde estão as melhores opções delas?

Votar

3 pontos
Upvote Downvote

Total de Votos 11

Votos Positivos: 7

Upvotes percentage: 63.636364%

Votos Negativos: 4

Downvotes percentage: 36.363636%


Comentários do Facebook

comentários

4 Comments

4 Comments

  1. Rogerio Andrade

    12 de março de 2015 at 14:14

    Dá pra tomar o Guaraná Jesus em algumas pastelarias do bairro da Liberdade em São Paulo também!

  2. chopp

    20 de dezembro de 2012 at 13:40

    Muito bom esse blog, adorei!
    Parabéns pela matéria e pelo estilo dele…AMEI

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…