Blog

Eurotrip Raiz: como viajar a Europa da forma mais barata possível


Oi, nação mais linda do mundo.
Muita gente está me perguntando sobre a viagem que minha companheira e eu fizemos pela Europa no ano passado. Então vou tentar relatar da forma mais sucinta e didática possível.
Rodamos por 9 países ( Portugal, Espanha, França, Luxemburgo, Alemanha, Áustria, Itália, Inglaterra e Escócia) durante 6 meses e gastamos R$ 12.000 ao todo. Voltamos para o Brasil com 1/3 do dinheiro que levamos para gastar e não passamos nenhum perrengue, muito pelo contrário.

Claro que muita gente não vai concordar com algumas coisas arriscadas que fizemos para economizar mas, como diz a moda agora, foi uma viagem “raiz”. Kkkk

-A primeira e mais importante dica é: Não fiquem com medo, não se deixem desestimular por conta de relatos negativos ou viagens caras. Você pode fazer barato, sim. É só “pegar as manha”.

Bom, então vamos lá:
-Para comprar as passagens, pesquisamos bastante, durante muito tempo e, depois de ligado o alerta no Skyscanner, recebemos um preço que veio quase a metade do que havíamos visto até então. Não pensamos duas vezes e compramos. São Paulo – Lisboa.
Outra dica legal para você que não tem uma data nem local específico: No Skyscanner, coloque a cidade de origem. No destino, deixe “flexível” e, na data, ponha “mês inteiro” e “mês mais barato”. Você vai achar passagens para a europa muito mais barata do que na procura comum.

-Uma vez compradas as passagens, podemos falar de dois assuntos polêmicos:
Primeiro: A nossa passagem de volta para o Brasil era de 6 meses.
Todos perguntam: como de 6 meses se você só pode ficar 3 no espaço Schengen?
Pois é, foi arriscado mas o plano era passar 3 meses no schengen e mais 3 meses fora. E foi o que fizemos.
Segundo: (preparar para ouvir críticas) Não compramos seguro saúde.
Admito, sim, que estas duas coisas poderiam ter feito que nos barrassem na imigração mas, não há regra. O agente pode te pedir tudo ou, como no nosso caso, só olhar o passaporte e carimbar.
E, sabe-se lá quanto de dinheiro a gente economizou com isso tudo.
Então, se você é aventureiro sem grana, pode tentar fazê-lo.

-Dentro da europa, durante 6 meses rodando, nós só pagamos uma hospedagem e, mesmo assim, foi nossa pior estadia, em um Hostel em Londres.
O resto foi casas de amigos; amigos de amigos (que não conhecíamos);Couchsurfing e; principalmente, Workaway (trabalho voluntário).
Muitos anjos passaram pelo nosso caminho mas isso é o que acontece quando você se propõe uma viagem de liberdade.
O Workaway foi a melhor coisa que aconteceu nas nossas vidas.
Trabalhamos em 6 lugares diferentes e conhecemos pessoas sensacionais. Amigos que ficarão no coração. Ficávamos, as vezes, um mês sem gasta nenhum centavo pois eles proporcionam alimentação e hospedagem. Tem muitos posts aqui falando sobre plataformas de trabalho voluntário.

-Uma última dica que é muito importante: não fique comendo na rua, em restaurantes e bares. Faça sempre seu lanchinho para ficar turistando ou para as viagens de deslocamento de um lugar para outro. Compre sempre no supermercado mais barato e leve para cozinhar em casa.

-No final, fizemos uma média e de 75% a 80% do total que gastamos foi com os transportes de uma cidade para a outra. Isso eu penso que não tem como fugir, a não ser que você tenha tempo de sobra para tentar viajar de dedão na estrada. Fora isso, tem que pesquisar sempre a forma mais barata em cada caso. Nós usamos muito o Blablacar e ônibus. Os aviões de vôo doméstico, as vezes, têm promoções muito boas mas, como eu levei meu violão para fazer uma grana, eu teria que despachá-lo e ficaria muito mais caro do que só com a mochila.

 

Enfim, você pode fazer até mais barato do que a gente fez. Se o fizer, me dê a dica.
O importante é desapegar de conforto e mordomia, se libertar, se comunicar e não ficar com medo por conta de relatos ruins (fiquei morrendo de medo para passar na imigração na Espanha e, depois, na Inglaterra). Não há regra. Eles podem te pedir tudo, te barrar mas também podem não pedir nada.
Cabe a você se decidir se arrisca para fazer o mais barato ou, se tem grana sobrando, faça tudo certinho. Vai sair mais caro mas também vai ser lindo.

Joguem-se. Este mundo tá aí para ser conquistado.

Beijos e abraços, viajeiros.

Fotos e Texto: Fred Dolabella

Publicado originalmente no grupo Mochileiros em:
https://www.facebook.com/groups/mochileiroscom/permalink/10154381285832260/

Votar

15 pontos
Upvote Downvote

Total de Votos 29

Votos Positivos: 22

Upvotes percentage: 75.862069%

Votos Negativos: 7

Downvotes percentage: 24.137931%


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…

Pular para a barra de ferramentas