Blog

Curiosamente no Japão…


1) As crianças vão sozinhas pra escola!

E voltam sozinhas também! E andam pelas calçadas felizes e despreocupadas porque não precisam ter medo de violência, de roubos, de assaltos, de gente louca no trânsito, de gente. Logo no primeiro dia em Tóquio vi esse grupinho de meninas que pelo horário deviam estar voltando da escola. Estranhei. Fiquei procurando um adulto por perto. Pelo menos um irmão mais velho de alguma delas encarregado de buscar o grupo na saída da escola e levar para as respectivas casas em segurança. Mas não tinha ninguém! E elas estavam bem! Caminhando tranquilamente. De uniforme e mochilas iguais. Com guarda-chuva cor de rosa. Dando suas risadinhas. Parando por conta de alguma gracinha entre elas. Tudo bem simples e natural. Foi uma cena linda de ver!

 

2) As notas fiscais são grampeadas no passaporte!

curiosamente_no_japao_poltrona22

No Japão, todos os produtos são taxados em 8%. A maioria das lojas oferece tax free para estrangeiros. Então, uma coisa que você DEVE fazer é andar com o seu passaporte a tiracolo. Algumas lojas já mostram o valor total da mercadoria, com a taxa incluída, na etiqueta. Outras acrescentam os 8% no caixa. De um jeito ou de outro, é só apresentar o passaporte pra ter direito ao desconto. Pergunte sempre o valor necessário para que seja concedida a isenção da taxa. Os valores costumam sofrer uma leve variação de loja pra loja. Acho que giram em torno de 5.000 a 5.400 ienes. Mas é sempre bom confirmar! Eis, então, que seu passaporte vai ficando lotado de notas e cupons fiscais grampeados. Eles vão metendo o grampeador sem medo de ser feliz. É estranho no começo, mas eles fazem isso numa boa. E depois você até curte a ideia de ter o passaporte cheio de papel escrito em japonês. Todas essas notas fiscais são retiradas no aeroporto, num local específico, antes de passar pela imigração.

 

3) Você só precisa de uma moedinha pra não morrer de sede!

curiosamente_no_japao_poltrona22

Se tem uma coisa no Japão com a qual você não precisa se preocupar é em ficar com sede, sentir sede na rua, passar sede enquanto bate perna pela cidade. Isso definitivamente não será um problema por lá! Basta ter uma moedinha no bolso e dar alguns passos e pronto, você tropeça numa jidouhanbaiki. Jidouhanbaiki pode ser traduzido como ‘máquina automática de venda’ e no Japão elas estão espalhadas por todos os lados. Nas estações de trem, nas grandes avenidas, nas ruazinhas mais escondidas, nos templos, dentro dos hotéis e, pelo que me parece, até no topo do Monte Fuji tem dessas máquinas. São mais de 5 milhões de máquinas distribuídas pelo país, e o que mais impressiona é que elas estão sempre abastecidas e bem conservadas. Não é demais? Algumas vendem café quentinho também. É engraçado porque tanto as bebidas quentes quanto as bebidas geladas estão na mesma máquina. E tem aquelas que só vendem cerveja! Você vai ficar doido pra provar tudo, mesmo não estando com sede, porque as embalagens são lindas.

 

Os 3 relatos completos dessas curiosidades estão no blog Poltrona 22:

Curiosamente no Japão… 1

Curiosamente no Japão… 2

Curiosamente no Japão… 3

Votar

10 pontos
Upvote Downvote

Total de Votos 16

Votos Positivos: 13

Upvotes percentage: 81.250000%

Votos Negativos: 3

Downvotes percentage: 18.750000%


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Enviando Arquivo…