Blog

Desbravando Macapá, no Amapá


Jornalista mochileiro relata sua experiência e curiosidades ao visitar Macapá, capital do Estado do Amapá, na ponta do mapa brasileiro na região Norte.

A minha primeira visita a capital do Estado do Amapá, a bela Macapá, aconteceu em 2016. Minha percepção, a única em todas as capitais brasileiras, é que o viajante já não está mais no território brasileiro.  Fique hospedado na região central, de Macapá.  Chamou minha atenção às avenidas e ruas muito largadas, comparadas com outros centros urbanos no Brasil. Existem também muitas árvores, em especial, mangueiras. Sim, é possível ser premiado com fruta de Manga em sua cabeça em determinadas regiões de Macapá.

Minha dica cultural é conhecer o Marco Zero, em Macapá. É neste local que passa a Linha imaginária do Equador. Do lado esquerdo, está o Hemisfério Sul; do lado direito está o Hemisfério Norte. O acesso ao local é monitorado e acompanhado por guias turísticos do governo para cada grupo de visitantes. O monumento é constituído de uma edificação de 30 metros de altura dotada de um círculo na parte superior, através do qual é possível visualizar o Equinócio ao menos duas vezes por ano. Entre 20 e 21 de março e também entre 22 e 23 de setembro, o Sol alinha-se perfeitamente no círculo do monumento e proteja um raio de luz sobre a Linha imaginária do Equador. É possível numa caminhada de 10 minutos desse local para conhecer a UFAP (Universidade Federa do Amapá).

Foto: Messias caminha por Marco Zero, no Macapá, capital do Amapá

Minha dica esportiva é uma caminha na Orla de Macapá, próximo do Forte de Macapá. No local, é possível apreciar a paisagem, conferindo o nível do rio Amazonas aumentando no decorrer do dia. E, claro, existem diversos bares e restaurantes para saborear a culinária local. Aliás, é sucesso na região o churros do sabor de Cupuaçu.

Foto: Orla de Macapá, capital do Amapá

Outro destaque é a viagem de barco, com duração prevista de 24 horas, de Macapá (AP) para Belém (PA). O viajante poderá escolher dormir na rede neste percurso ou comprar uma passagem com acesso ao camarote, com cama e ar-condicionado. Sugiro a rede, será uma boa oportunidade de conhecer pessoas e histórias fascinantes de vida. É preciso atenção, no momento de contratar o serviço de barco. Existem diversas agências vendendo passagens. Outro detalhe é checar as condições do barco, instalações, por exemplo, banheiro. E, claro, alimentação que será servida nesta viagem.

Foto: Messias durante viagem de barco de Macapá (AP) para Belém (PA)

William Messias é jornalista e estudante de psicologia. Seu blog Olhar do Messias é um convite para o internauta visitar todas as capitais do Brasil, cidades históricas e apreciar o ecoturismo, além de conhecer lugares exuberantes por meio de suas dicas culturais e esportivas. 

Votar

2 pontos
Upvote Downvote

Total de Votos 2

Votos Positivos: 2

Upvotes percentage: 100.000000%

Votos Negativos: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Este post foi criado com o nosso formulário super fácil e rápido! Envie seu post!


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Enviando Arquivo…