Blog

[Diário de Bordo] O dia que dormi na estação de trem de Colônia


“Nossa, que Catedral linda!”, digo em pensamento ao sair da Kölner Dom, a Catedral de Colônia. Já visitei tudo o que eu queria da cidade, agora só falta assistir à missa.

Para passar o tempo, sento na escadaria lateral que dá acesso à Catedral. Não estou sozinha, tem um monte de turistas e colegiais. Na verdade, tem gente de todas as idades. Acabo de ver um senhor bebendo cerveja.

“São 17h30. É, já está na hora da cerveja”, penso.

— Hi! Wherre arre you frrrrom? — pergunta um moço com sotaque, forçando o “r” das palavras. Sabe quando o paulista da capital fala porta, levando a língua ao céu da boca? Era bem parecido.

Assustada e desapontada por logo entregar que sou estrangeira, respondo:

— Hmm, here!

— Rrreally? — ele pergunta forçando o “r”.

Desconfiada, respondo.

— It’s a joke. I’m from Spain. — não sei  porque respondi que sou da Espanha. Acho que foi o instinto.

E mais uma fez meu instinto acerta. O cara estranho se aproxima cada vez mais de mim e me convida para tomar uma cerveja. Eu, esperta que sou, não aceito.”

Leia mais aqui:

[Diário de Bordo] O dia que dormi na estação de trem de Colônia, Alemanha

A foto (da home) que traz até este post é de Harold R Cologne (sob Licença Creative Commons).

Votar

0 ponto
Upvote Downvote

Total de Votos 4

Votos Positivos: 2

Upvotes percentage: 50.000000%

Votos Negativos: 2

Downvotes percentage: 50.000000%

Este post foi criado com o nosso formulário super fácil e rápido! Envie seu post!


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Enviando Arquivo…