Blog

Itália – Dicas de Roma

Conhecida por sua história, arquitetura e tradição cultural, além de ser um irresistível destino turístico, Roma é uma das opções obrigatórias para serem inclusas numa viagem à Europa, pelo menos àquela Europa mais ‘convenção’, digamos assim. (Num próximo momento, falaremos de destinos menos conhecidos do Velho Continente).
Praças, museus, fontes, igrejas e monumentos, convidam a um mergulho na História da humanidade. De acordo com a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), a Itália abriga 70% do patrimônio histórico e artístico do mundo.

Durante o passeio pela capital da Itália, é possível se deparar com vestígios de uma cultura milenar, muito bem preservada, misturada às belezas, cores e encantos de uma cidade fascinante, sem falar na culinária conhecida e amada por todo o mundo.

Não deixe de visitar os 5 pontos básicos:

1- Coliseu

Maior atração turística de Roma, o Coliseu possui uma construção elíptico-ovalada, com 48m de altura e 190m de extensão. Listada entre as Novas Maravilhas do Mundo pela UNESCO desde 2007, o monumento encanta a população italiana e os visitantes há mais de 1928 anos. Próximo do local está o Fórum Romano, sede do poder da Roma Antiga, erguido por volta de 700 a.C.
A visita ao Coliseu custa 12 euros, incluindo o passeio pelo Fórum Romano. Cidadãos europeus, menores de 18 anos e maiores de 65 anos têm entrada gratuita.

2- Fontana di Trevi

Maior fonte de estilo barroco da cidade, a Fontana di Trevi foi idealizada por Nicole Salvi e construída em 1735. Cenário de belas histórias do cinema, como a “Fonte dos Desejos”, possui uma bela estátua de Netuno, deus romano dos mares e das águas, além de um aqueduto de grande importância simbólica. Segundo a tradição, quem jogar uma moeda na fonte, voltará a visitar a cidade.
Se o seu negócio não é multidão (principalmente debruçadas em monumentos), não se anime. O local é cheio, mas muito cheio de turistas!

Fontana di Trevi – Foto: David Iliff/Sob Wikimedia Commons

 

3- Vaticano

Cidade-estado desde 1929, o Vaticano é um dos países mais ricos do mundo, abrigando obras de ilustres artistas, como Leonardo da Vinci, Caravaggio, Rafael e Tiziano.
No local estão a Basílica de São Pedro e os Museus do Vaticano, divididos em Museu Pio Clementino (o mais antigo deles), Museu Etrusco, Egípcio, Profano Lateranense ou Museu da História. A grande atração é a Capela Cistina, construída entre 1471 e 1484, durante o papado de Cisto VI.
A Basílica di San Pietro, onde o Papa celebra as cerimônias oficiais, também está instalada no Vaticano, e conta com uma área de 23 mil metros quadrados, podendo receber cerca de 60 mil pessoas. Em frente à Basílica di San Pietro está a praça de São Pedro, onde os fiéis acompanham os discursos e recebem as bênçãos do líder da Igreja Católica.

Basílica de São Pedro (Basílica de San Pietro) / Foto: Divulgação Turismo Romano

4 – Pantheon

Templo de todas as divindades, o Pantheon foi construído em 26 a.C e é um dos belos cartões-postais romanos. Assim como os demais passeios da Itália, este também mantém uma tradição histórica, sendo primeiro dedicado aos deuses romanos do panteão, de onde se originou o nome do templo, sendo posteriormente utilizado como local sagrado dos cristãos.
Famoso por sua cúpula, o Pantheon é uma das mais belas obras do Império Romano.

Construção impressiona. Destaque para a cúpula / Foto: Wikimedia

5 – Piazza di Spagna

A mais famosa praça romana tem suas origens no século XVI, quando foi construída a Igreja de Santa Trinità dei Monti, em 1502. Um século após, a Escadaria de Trinità dei Monti, com 135 degraus e decorada com muitos terraços-jardins, teve suas obras concluídas, formando mais um dos componentes do belo conjunto arquitetônico do local.
O local também abriga a bela Fontana della Barcaccia, em formato de um barco meio submerso, cujo projeto foi idealizado por Pietro Bernini.

O nome da praça vem do fato de a região ter pertencido à embaixada espanhola no século XVII.

Piazza di Spagna / Foto: Divulgação Turismo Romano

Os bairros

Além dos pontos ‘basicões’ acima, a cidade tem mais inúmeras opções. Abaixo destacamos algumas por bairros:

Colosseo – Palatino – Fori – Campidoglio

Esta seria basicamente uma rota ‘Roma Antiga’.
Além do Coliseu, seus arredores oferecem interessantes opções como o Palatino (onde segundo a lenda Rômulo matou seu irmão Remo e fundou a cidade de Roma), o Fórum Romano (Centro Comercial, Civil e Administrativo da antiga cidade) e os e seus arredores (Palatino e os Fóruns imperiais, construídos por vários imperadores quando o Fórum Romano já estava pequeno demais.
Outro importante monumento, o Capitólio também está por ali.
No mapa abaixo é possível observar os pontos destacados:

Reprodução

 

Trastévere – Testaccio

Quem está com um tempinho sobrando, pode dedicar espaço no roteiro para conhecer mais uma região da capital italiana.
O bairro Trastévere começou com os proletários, distinguindo-se da nobreza por sua genuinidade. Hoje tem uma importante vida noturna, com teatros ao ar livre e praças belíssimas (Trilussa, Santa Maria in Trasteere, San Cosimato etc), além de igrejas e ruazinhas históricas.

Na Piazza di Santa Maria um pouco mais do estilo de vida dos romanos / Foto: Divulgação Turismo Romano

 

Aventino – Terme Di Caracala – Circo Massimo

Aventino é um bairro sobretudo residencial, mas ali há algumas atrações da capital italiana, como o Circo Massimo e as Termas de Caracalla.
No primeiro eram feitas competições esportivas de vários tipos e corridas de carros que duravam todo o dia. No auge do Circo Massimo o ‘estádio’ podia abrigar até 300.000 pessoas! Hoje além das ruínas há uma grande área verde, onde os romanos têm seus momentos de lazer.

Circo Massimo agora é área de lazer para os romanos / Foto: Divulgação Turismo Romano

Já as Termas de Caracalla, como outros ‘banhos públicos’, eram construções feitas pelos imperadores para manter os romanos ‘distraídos’. Os monumentais edifícios além dos banhos eram usados para o cuidado do corpo, passeio e esporte.

Essas Termas são um dos melhores exemplos de banhos públicos da Roma Antiga e um dos maiores.
As Termas de Caracalla foram construídas a mando do imperador Septimio Severo e podiam abrigar até 8.000 pessoas, além de obras de arte.

 

Ruínas das Termas di Caracalla, um dos maiores exemplos das termas da Roma Antiga / Foto: Divulgação Turismo Romano

Navona – Campo de’ Fiori – Pantheon – Via Giulia

A região pode ser considerada o “centro histórico” de Roma, se é que se pode chamar alguma coisa ali de histórico (tudo é histórico!).
Andando pelo bairro é possível encontrar belas praças, grandes edifícios e museus, além de igrejas que abrigam obras de Caravaggio e Raffaello, por exemplo.
Dizem ser a área mais concorrida entre os turistas, pois é uma área de bastante lazer, compras (de boutiques a lojas de antiguidades) e variadas opções gastronômicas. Destaque para a Piazza Navona (na foto); o Pantheon, outro símbolo de Roma e o Campo de’ Fiori, mais uma área onde à noite os jovens se reúnem para beber e conversar (pela manhã é um histórico e típico mercado local).
Na época da Inquisição, o Campo de’ Fiori era palco das execuções. A mais ‘famosa’ dela foi a do teólogo, filósofo e frade italiano, Giordano Bruno, em 1600. Há um monumento ao frade no local.
No bairro também está o Consulado Geral do Brasil em Roma (na Piazza di Pasquino, 8), entre outras sedes institucionais.

Piazza Navona – Foto: Divulgação Turismo Romano

 

 

No Campo de’ Fiori havia execuções públicas na época da Inquisição / Foto: Divulgação Turismo Romano

Roma pass

Reprodução

O passe turístico no valor de 30 euros dá direito a entrada em 2 museus ou sítios arqueológicos de sua escolha, além de descontos em exposições e alguns eventos na cidade, bem como alguns mapas e acesso a alguns meios de transporte.
Confira informações detalhadas no site oficial do Roma Pass: http://www.romapass.it/

Dicas, informações e experiências de outros viajantes por Roma você pode conferir aqui.
Conhecer a cidade de bike é ótima opção. Mais informações, aqui.

Onde se hospedar em Roma

A oferta de hospedagem na capital italiana é para variados gostos e bolsos. Boas opções de hostels em Roma você pode conferir aqui.

Votar

0 ponto

Total de Votos 0

Votos Positivos: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Votos Negativos: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários do Facebook

comentários

3 Comments

3 Comments

  1. Georges Garcia

    29 de setembro de 2015 at 8:15

    Iremos de Siena a Roma de carro. Devo devolve-lo em Ciampino perto das 15hs. Porém, antes gostaria de deixar minha familia e a bagagem no hotel que fica na via Cavour. Ao chegar a Roma, segundo o google maps, teria que pegar a Circonvallazione Salaria, depois a Circonvallazione Tiburtina, Via dello Scallo San Lorenzo, depois passando pela Piazza Vit Emmanuele até a Via Cavour. Depois sigo até Ciampino. Minha dúvida é se fazendo esse trecho, entro em alguma ZTL?

  2. Katia silva

    31 de maio de 2015 at 18:33

    Olá, adorei suas dicas e fiquei com uma dúvida:
    estarei indo no final de junho para Roma com 3 crianças 10, 11 e 12 anos e fiquei com as seguintes dúvidas:
    Como eles não pagam para entrar no coliseu nem para fazer o tour no subterrâneo, apenas os 2 euros de taxa, fiquei imaginando que não poderiam passar juntos com os adultos que terão o Roma Pass ou o ingresso on line e se eles precisarem passar por outro lado, não ficarei segura com tanta gente.
    Não imagino como é a entrada do monumento .
    Se comprar o ingresso direto pelo site da coopculture tenho ainda que pegar alguma fila para entrar ou já passo em algum tipo de detector de metais e entro?
    Preciso de uma luz, já escrevi para lá mas eles apenas informam que as crianças entram gratuitamente, só não falam se a entrada é a mesma.
    Com o ingresso online ou com o Roma Pass a entrada é a mesma?
    obrigada,
    Kátia

  3. Pedro Pereira

    9 de fevereiro de 2015 at 8:29

    Olá Claudia,

    Excelente dicas. Não posso é deixar de recomendar a visita à galeria borghese – É impressionante – http://selectitaly.com.br/browse/things-to-do/museum/id:42/borghese-gallery-tickets-rome

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…