Blog

Espanhol faz viagem de volta ao mundo a pé

Ignacio Dean, ou Nacho Dean, um espanhol de 34 anos, partiu de Madri rumo ao mundo… a pé. E, a pé, ele cruzou a Europa em quatro meses; desceu para a Ásia pelo litoral do Mar Cáspio e seguiu pela Índia até a Indonésia; cruzou a Austrália e lá tomou um avião para o Chile, subiu e desceu os Andes, subiu pela América Central, e já foi mais a frente para o México, onde está no momento e não há previsão de por fim à aventura. É o tipo de viagem (invejável e inspiradora) que a gente vai fazendo um mapa mental.

Mapa mostra rota feita pelo espanhol até o momento (12/08/2015) | Foto: Reprodução

Mapa mostra rota feita pelo espanhol até o momento (12/08/2015) | Foto: Reprodução

Em seu site, o Earth Wide Walk, Dean explica que a ideia nasceu uns dois anos antes de ele colocar os pés (literalmente) na estrada. “Tomei plena consciência de que poderia tornar esse sonho realidade. Sou uma pessoa aventureira, esportista, amante da natureza e de sua beleza, mas sobretudo sensível e apaixonado. Não compreendo a vida se não há luta por seus sonhos e dessa atitude nasceu meu projeto”.

Em maio, Nacho celebrou 800 dias de volta ao mundo | Fotos: Reprodução/Twitter.

Em maio, Nacho celebrou 800 dias de volta ao mundo | Fotos: Reprodução/Twitter.

Nacho custeia sua vida nômade através de suas próprias economias e doações de empresas e pessoas que se identificam com o projeto, além do apoio de muita gente que o oferece alojamento por onde ele passa, por exemplo.
Seus 45 quilos de pertences são transportados em um carrinho no qual há sempre água e uma barraca, um saco de dormir, três trocas de roupa, um kit primeiro socorros, fogareiro e acessórios e algumas ferramentas de sobrevivência; além de uma câmera fotográfica e um computador para atualizar o blog e seus perfis no Twitter e Facebook.

“Casa e carro” em algum ponto do Irã | Foto: Arquivo pessoal.

Além da viagem em si, seu carrinho faz sucesso por onde passa. Em seu blog há inúmeras fotos mundo afora de gente de todas as partes posando com ele. Este registro foi feito em algum lugar da Índia | Foto: Arquivo pessoal.

Além da viagem em si, seu carrinho faz sucesso por onde passa. Em seu blog há inúmeras fotos mundo afora de gente de todas as partes posando com ele. Este registro foi feito em algum lugar da Índia | Foto: Arquivo pessoal.

 

Em junho, em Oaxaca, no México, a primeira enfermidade da viagem: Febre chikungunya | Foto: Reprodução/Twitter.

Em junho, em Oaxaca, no México, a primeira enfermidade da viagem: Febre Chikungunya | Foto: Reprodução/Twitter.

Dados curiosos sobre a viagem

É hora de dizer adeus ao 8º par de tênis | Foto: Reprodução/Twitter.

É hora de dizer adeus ao 8º par de tênis | Foto: Reprodução/Twitter.

Até 18 de julho de 2015, Nacho levantou alguns dados curiosos sobre sua jornada como:
Temperatura máxima: 50 graus (Austrália).
Temperatura mínima: – 12 graus (Cordilheira dos Andes).
Dias seguidos caminhando sem descanso: 86 (4.100 quilômetros na Austrália).
Máxima distância em um só dia: 80 quilômetros.
Máximo tempo parado em um só lugar: 30 dias (em Lima, Peru).
Máxima quantidade de água consumida  em um único dia: 7 litros.
Tênis gastos: 9 pares.
Mordidas de cachorro: 3 (Índia, Tailândia e Honduras)
Pneus para o carrinho: 7 traseiros e 4 dianteiros.

E num ônibus tailandês, uma mensagem para levar durante a viagem | Foto: Arquivo pessoal.

E num ônibus tailandês, uma mensagem para levar durante a viagem | Foto: Arquivo pessoal.

Com informações de Milenio.com e Earth Wide Walk.

Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…