Blog

Lado B do mochilão (ou não)


“Segundo meus cálculos já lavamos cerca de 135 vasos sanitários, enterramos cerca de 250 quilos de esterco, desenterramos duas toneladas de pedras, fizemos cerca de 60 metros de estrada, arrumamos 57 camas, distribuímos centenas de produtos em diferentes lojas de comida e já nem me lembro cuantos copos de vinho polimos. Isso levando em conta que crescemos na suficientemente ‘luxuosa’ Joanesburgo e agora somos praticamente voluntários que aceitam quase qualquer trabalho a fim de ter novas experiências”. Esse é um pequeno trecho de um relato publicado no BuzzFeed; experiência de Chanel e Stevo, publicitários sul-africanos bem sucedidos que deixaram suas carreiras para correm atrás do sonho de conhecer o mundo.
Em suas redes sociais e no blog How Far From Home (algo como “Um pouco longe de casa”)  o casal mostra belas imagens mundo afora e divide suas experiências com seus leitores. Em um dado momento, decidiram frisar que a aventura não consiste somente nos belos cenários pelos quais passam ou pelas belas refeições que vez ou outra fazem. Aliás, confessam terem se alimentado muito e por muito tempo, de cream crackers e afins.
Cheiro de perrengue no ar? Alguém falou em perrengue? Em uma viagem de mochilão? Faz parte! (Aqui, pelo menos 20 coisas que só quem mochilou sabe e aqui, outras 12 que mochileiros reclamam, mas amam fazer).
Voltando à história do casal, sobre cada experiência comentada no começo deste post: “Vale completamente a pena. Isto é o céu para nós”, afirmam. Depois de todos os afazeres que se propõem a realizar para ajudar na aquisição de experiência e na obtenção de renda para o orçamento da viagem são livres para fazerem o que quiserem – o que mostram bem em suas incríveis fotos no Facebook ou Instagram (pelo menos nas fotos, zero perrengue – risos).
“Temos aprendido lições valiosas que não poderíamos ter aprendido seguindo trabalhando no âmbito publicitário. Esses tipos de momentos nos ensinam humildade e nos obrigam a desfrutar de cada dia como se fosse o último de nossas vidas”, acrescentam.
Bem, você deve estar pensando: ok, eles são mais um casal fazendo uma viagem de volta ao mundo e sim, você não está errado. O que chamou a atenção sobre eles é o fato de divulgarem o “lado b” de uma viagem de mochilão.
Nós acreditamos que este não seja um lado da viagem (nem o b), mas é sim A viagem (por isso o título do post ?). Tudo vivido faz parte dela e a enriquece.

Stevo e Chanel | Foto: Stefan Dhalqvist.

O casal quer inspirar outras pessoas a saírem da zona de conforto. “Não há nada mais emocionante e revelador que dizer não à vida cotidiana e dizer sim a tudo que a vida tem para oferecer”.
Para saber mais sobre a história deles e suas aventuras mundo afora, acesse o site e siga-os no Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat e ou YouTube.

Abaixo fotos de alguns lugares (pelos quais o casal passou) que certamente valeram os perrengues do caminho:

Seljalandsfoss – Islândia | Foto: Reprodução Facebook.

Rottnest Island – Austrália | Foto: Reprodução Facebook.

Landmannalaugar – Islândia | Foto: Reprodução Facebook.

San Candido – Itália | Foto: Reprodução Facebook.

Área de Auckland – Nova Zelândia | Foto: Reprodução Facebook.

Em cada foto o casal publica o quanto de quilômetros rodou para chegar até ali. Nesta, 164.568km | Foto: Reprodução Facebook.

Landmannalaugar – Islândia | Foto: Reprodução Facebook.

Chanel e Stevo no monumento natural “Horseshoe bend” – Arizona – EUA | Foto: Reprodução Facebook.

Certeza que valeu cada esfregada em cada banheiro né? ?

Votar

3 pontos
Upvote Downvote

Total de Votos 5

Votos Positivos: 4

Upvotes percentage: 80.000000%

Votos Negativos: 1

Downvotes percentage: 20.000000%


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Enviando Arquivo…