Blog

O medo não é real


Pense em um problema que tenha tido recentemente: o atendente estragou seu café, talvez você tenha discutido com algum amigo ou tenha alguma tensão com seus pais, familiares ou no trabalho.
Pegue este problema que lhe deixou emocionalmente estressado e deixe-o no fundo de sua mente, porque ao final deste vídeo você poderá refletir mais sobre ele.
70 anos, 28.000 dias, 2 milhões de segundos. O que significam estes números? Por que são importantes para você e para mim? É o tempo médio que um ser humano vive neste planeta. O tempo médio que nos é dado.
Pense neste tempo que nos é dado como um presente e uma oportunidade para que façamos o que temos que fazer neste mundo.
Mais de 7 bilhões de pessoas no mundo e somos, eu e você, um dentre estes 7 bilhões de pessoas neste planeta.
Quero que você pense neste planeta, na Terra, e veja os continentes; os oceanos, gigantes; veja as montanhas com alturas de 8 mil, 7 mil metros, entre as nuvens.
E quero que veja, que somos somente um pontinho pequeno na Terra.
Agora distancie-se, distancie-se de si mesmo e desta Terra até a Via Láctea. Veja esta galáxia que chamamos Via Láctea. Os cientistas descobriram que há outras bilhões delas em nosso Universo.
Agora aproxime-se de novo da Terra. E volte outra vez até você, sentado nesta cadeira.
Agora volte ao problema. Ao problema que ficou no fundo de sua mente. Esta emoção que você sentiu, que foi criada por um monte de pensamentos, pensamentos estes criados por neurônios – células do seu corpo, células microscópicas. (…)
E se pudéssemos entender o quão insignificantes são nossos problemas? Poderíamos ter uma mudança de perspectiva, de paradigma. Permitindo que uma nova abundância de êxito entre em nossas vidas simplesmente por entendermos como são criados os problemas e quão pequenos são no grande esquema das coisas.
Entendamos a vida como um presente. Que isso nos inspire a fazer coisas possivelmente diferentes; porque ao final tudo se trata de juntarmos nossos talentos naturais.
Crie seu próprio meio ao invés de ser um produto do mesmo. Isso começa no momento em que você se dá conta do quão irrelevante e irreal é o medo, que nos impede de avançar e conseguir muitas de nossas metas. O medo só é o fracasso antecipado em sua mente, de um evento que sequer ocorreu.
Neste momento, você compreenderá que sua capacidade é ilimitada, que você é quem controla sua vida e seu meio, porque é você quem utiliza (ou deveria utilizar) este sistema como uma ferramenta e não ser uma ferramenta do sistema.
O Medo não é real. O medo é você.

Nota: Esta é uma tradução livre de um vídeo (abaixo) que vimos há algum tempo e que desde então ficamos com vontade de dividir com você que aparece por aqui para dar uma olhada no que publicamos sobre o universo mochileiro, que compartilha suas experiência com outros viajantes, que assim como nós é cheio de sonhos (incluindo o de conhecer o mundo)…

Infelizmente não achamos o vídeo em português, mas… bora praticar esse espanhol ¿sí?… 😎


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…