Blog

Outros 9 destinos brasileiros que você talvez ainda não conheça

Na semana passada nosso post  “9 destinos brasileiros que você talvez ainda não conheça” deixou muita gente empolgada com tantos destinos belíssimos e tão pouco divulgados,  paisagens brasileiras muito pouco exploradas pelos viajantes brazucas. Muita gente sugeriu novos destinos que mostraremos aqui nesse novo post junto a outros que não entraram na primeira lista.

9 -Parque Estadual de Terra Ronca – Goiás

“O Parque Estadual de Terra Ronca em São Domingos no estado de Goiás é um dos maiores complexos espeleológicos do mundo. São mais de 60 cavernas “molhadas” atravessadas por rios, e 200 “cavernas secas”, sete delas constam da lista das trinta maiores cavernas do Brasil. A Angélica, com 14.100 metros de extensão é a 4ª colocada do país. São várias cavernas esculpidas por rios, com formações moldadas durante milhões de anos, desde que a região era banhada pelo mar, no período Pré-Cambriano superior. É uma região de cerrado, com fauna e flora das mais ricas do país, tem centenas de cachoeiras e rios interessantes. Vale a pena conhecer!”

Dica do viajante Leovigildo Santos

Quem foi? – Há alguns relatos no Mochileiros.com que você pode conferir aqui, aqui, aqui e aqui.
Mais informações: www.semarh.goias.gov.br/site/conteudo/parque-estadual-de-terra-ronca-peter

 

Caverna no Parque Estadual de Terra Ronca - Foto: Marcelo Ísola

Caverna no Parque Estadual de Terra Ronca – Foto: Marcelo Ísola

 

8 – Cânion do Rio Poty – Piauí /Ceará

O Cânion do Rio Poty é um fenômeno criado pela passagem do Rio Poti por uma fenda geológica situada na Serra da Ibiapaba entre o Piauí e o Ceará que estende por quatro municípios: Crateús, no Ceará, Castelo, Buriti dos Montes e Juazeiro, no Piauí . O aceso é feito através de duas estradas vicinais, uma pela cidade de Juazeiro do Piauí e outra pela cidade de Castelo do Piauí, nos períodos chuvoso o acesso fica inviabilizado pelas cheias do Rio Poty. Embora seja conhecido e divulgado através da imprensa local e estadual ainda é pouco visitado, mas sua beleza já atrai viajantes e aventureiros de várias partes do país e também do exterior.

Algumas rochas possuem inscrições rupestres muito antigas, porém diferentes das encontradas no parque de Sete Cidades e no Sítio Arqueológico da Serra da Capivara, pois estas foram esculpidas em baixo-relevo nas pedras das encostas. Toda esta preciosidade encontra-se ainda semi-desconhecida, sendo visitada apenas por pescadores e ecologistas que enfrentam as rústicas trilhas de difícil acesso.

Dica do viajante Vinicius Carvalho

Quem Foi? – A Galera do Blog Alta Aventura passou por lá e conta nesse post aqui como foi a viagem. A Globo também fez uma boa reportagem que você pode assistir aqui.
Mais informações: pt.wikipedia.org

 

Cânion do Rio Poty - Foto:  Juscel Reis

Cânion do Rio Poty – Foto: Juscel Reis

 

Cânion do Rio Poty - Foto: Samuel Brandão

Cânion do Rio Poty – Foto: Samuel Brandão

 

7 – Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque / Serra do Navio – Amapá

O Tumucumaque é o maior Parque Nacional do Brasil e uma das maiores áreas de floresta tropical protegidas do mundo. Está localizado numa porção da floresta amazônica ainda pouco conhecida, na região conhecida como Escudo das Guianas, ao noroeste do Amapá.  Para quem optar sobrevoar o parque, é possível avistar um extenso tapete verde de copas de árvores e os desenhos dos rios Araguari, Oiapoque, Amapari e Jarí.  Serra do Navio é um município com cerca de cinco mil habitantes e é uma das portas de entrada do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, por meio do rio Amapari. 72% de sua área está dentro da unidade de conservação.

Dica do Viajante Thales Torres Lopes

Quem foi? – O viajante Hiltonmc foi e conta tudo com muitas fotos em um relato no Mochileiros.com que você pode acessar clicando aqui.
Mais informações: montanhasdotumucumaque.blogspot.com.br

 

Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque - Foto:  Leonardo Milano / ICMBio -

Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque – Foto: Leonardo Milano / ICMBio –

 

Lagoa Azul em Serra do Navio - Amapá - Foto: WWF

Lagoa Azul em Serra do Navio – Amapá – Foto: WWF

 

6 – Serra do Tepequém – Roraima

A serra do Tepequém está a 210Km de Boa Vista em Roraima, localizada no município de Amajari.  O Tepequém é visto como ponto de alto potencial turístico. Os atrativos turísticos da região são: Cachoeiras do Paiva, Barata, Sobral, Funil, Laje Preta e Laje Verde (descoberta recentemente), Platô (ponto mais alto do Tepequém), Paraíso das Araras, Enseada da Anta (uma área conservada onde pode-se observar facilmente vários animais, aves e insetos), caminho da Pedra Sabão (local que os moradores retiram a pedra sabão para a criação de peças artesanais), a vila do Cabo Sobral (um ponto alto do turismo, onde são encontradas casas antigas e resquícios do garimpo que foi praticado no Tepequém) e as grunas ou grutas subterrâneas.

Quem foi? – O viajante Jay Junior e ooutros viajantes postaram algumas informações nesse tópico aqui no Mochileiros.com.
Mais informações: www.turismo.rr.gov.br

 

Platô na Serra do Tepequém - Foto: asaltasaventurasemroraima.blogspot.com.br

Platô na Serra do Tepequém – Foto: asaltasaventurasemroraima.blogspot.com.br

 

Cachoeira do Paiva  na Serra do Tepequém - Foto: asaltasaventurasemroraima.blogspot.com.br

Cachoeira do Paiva na Serra do Tepequém – Foto: asaltasaventurasemroraima.blogspot.com.br

 

5 – Uiramutã – Roraima

Uiramutã no nordeste do estado de Roraima é segundo o IBGE, o município com a maior proporção da população indígena no país, 88,1% de sua população de 8.375 habitantes é indígena. Uiramutã inclui em seu território o Monte Caburaí, de 1.456 m de altitude, o ponto mais setentrional do país e faz divisa com a Guiana e a Venezuela, faz parte de seu território também o Parque Nacional do Monte Roraima.

Quem foi? – O viajante Marcio Rosa foi e fez um relato sobre sua viagem em seu blog que você pode conferir aqui, e no Mochileiros.com tem um ótimo relato da viajante Vanilsa Potira que você pode conferir clicando aqui.
Mais informações: www.facebook.com/pages/Pousada-Uiramutã

10269185_648323561917336_58174871689029868_o

Cachoeira do Urucá – Foto: Pousada Uiramutã

 

Monte Caburaí em Uiramutã - Foto: Wikimedia Commons

Monte Caburaí em Uiramutã – Foto: Wikimedia Commons

 

 

4 – Prudentópolis – Paraná

Prudentópolis no Paraná possui mais de 100 cachoeiras catalogadas e muitas delas com mais de cem metros de altura e é na cidade
que nasce o maior rio em extensão do Paraná, o rio Ivaí; ele nasce no encontro do rio dos Patos com o rio São João. A colonização ucraniana proporciona a Prudentópolis diversas atividades festivas típicas da cultura ucraniana, com destaque ao Grupo Folclórico Vesselka e a Noite Ucraniana. O município também se destaca pela produção de um dos mais famosos salames, conhecido como “Krakóvia” que tem um sabor inigualável.

Quem foi? – No Mochileiros.com há vários tópicos sobre a cidade que você pode ver aqui, aqui, aqui e aqui.
Mais informações: www.prudentopolis.pr.gov.br

 

Salto São Francisco, maior queda d'água da Região Sul do Brasil - Foto: Wikimedia Commons

Salto São Francisco, maior queda d’água da Região Sul do Brasil – Foto: Wikimedia Commons

 

Salto São João - Prudentópolis - Paraná - Foto: Secretaria de Turismo

Salto São João – Prudentópolis – Paraná – Foto: Secretaria de Turismo

3 – Analândia – São Paulo

 Analândia é um dos 12 municípios paulistas considerados estâncias climáticas pelo Estado de São Paulo. A cidade conta com formações geológicas e geográficas como morros, chapadas e paredões com mais de 220 metros de altura, além de diversas cachoeiras, riachos e piscinas naturais. A Estância Climática se destaca por suas ofertas turísticas, povo hospitaleiro, jeitinho do campo, comida caipira e caseira, festas tradicionais, artesanatos, hospedagens aconchegantes, operadoras de turismo, calçadão coberto tudo isso com o sossego de uma cidadezinha do interior com 4800 habitantes.

Quem foi? – O viajante Filipe Salese passou por lá e fez várias fotos, vídeos e um belo relato no Mochileiros.com que você pode acessar clicando aqui.
Mais informações: www.analandia.sp.gov.br

Penhascos de Arenito na região de Analândia - Foto: Wikimedia commons

Penhascos de Arenito na região de Analândia – Foto: Wikimedia commons

Morro do Cuscuzeiro em Analândia - Foto:  Pousada Vale Da Lua

Morro do Cuscuzeiro em Analândia – Foto: Pousada Vale Da Lua

 

 2 – Urubici – Santa Catarina

Urubici significa “pássaro brilhante” no idioma xokleng, tribo que habitava a região, a cidade oferece paisagens inesquecíveis como a vista da Pedra Furada a partir do Morro da Igreja ou cascatas como a do Avencal e a Véu de Noiva – duas entre nada menos que 82 quedas de água catalogadas no território do município. Uma vantagem de Urubici é que boa parte das atrações está na mesma direção, entre os 30 km que ligam ocentro da cidade à lendária Serra do Corvo Branco. É um passeio imperdível, cujo encanto não está apenas nas belezas da natureza, mas no contato próximo com os costumes do morador local. A cidade também tem a fama de ser uma das mais frias do Brasil e em alguns anos alguns pontos da cidade ficam cobertos de neve como no exemplo da foto abaixo.

Quem foi? – Nós fomos e contamos tudo pra você nesse post aqui.
Mais informações: www.urubici.sc.gov.br/turismo/

Neve em Urubici - Foto: Secretaria de Turismo

Neve em Urubici – Foto: Secretaria de Turismo

 

Pedra Furada vista do Morro da Igreja - Foto: Wikimedia Commons

Pedra Furada vista do Morro da Igreja – Foto: Wikimedia Commons

 

1 – Chapada das Mesas – Maranhão

 O parque nacional da Chapada das Mesas é uma área de proteção ambiental que abrange 160 046 hectares de Cerrado nos municípios de Carolina, Riachão , Estreito e Imperatriz, no centro-sul do Maranhão. A região oferece cachoeiras, trilhas ecológicas e rios de águas cristalinas. O artesanato, de origem indígena, criado pelos moradores da região, é um dos grandes aspectos da cultural local.   Alguns atrativos na área de entorno são as cachoeiras Pedra Caída (de 50 metros de altura), São Romão, Tapecurizinho, Encanto Azul, Cachoeira de Santa Bárbara e Portal da Chapada.

No interior do Parque existem dois atrativos que são explorados turisticamente há muitos anos (Cachoeira de São Romão e Cachoeira da Prata) e que recebem especial atenção da equipe de gestão visando a minimização dos impactos gerados. No Morro das Figuras está localizado um sítio arqueológico com inscrições rupestres.

Quem foi? –  No Mochileiros.com você pode conferir alguns relatos clicando aqui, aqui e aqui.
Mais informações: www.carolina.ma.gov.br

Cachoeira do Prata - Parque Nacional da Chapada das Mesas - Foto: Edu Hana

Cachoeira do Prata – Parque Nacional da Chapada das Mesas – Foto: Edu Hana

Poço Azul na Chapada das Mesas - Foto: Secretaria de Turismo

Poço Azul na Chapada das Mesas – Foto: Secretaria de Turismo

 

Bonus Track

Lagoa Azul – Primavera do Leste – Mato Grosso

Lagoa Azul Primavera do Leste no Mato Grosso - Foto: Prefeitura

Lagoa Azul Primavera do Leste no Mato Grosso – Foto: Prefeitura

 

Lagoa Azul Primavera do Leste no Mato Grosso - Foto: Prefeitura

Lagoa Azul Primavera do Leste no Mato Grosso – Foto: Prefeitura

 

Lagoa Azul em São Desidério – Bahia

 

Lagoa Azul em São Desidério - Bahia

Lagoa Azul em São Desidério – Bahia

 

Fontes: Wikiparques, Wikipedia, ICM/Bio, Mochileiros.com e Redação.

Comentários do Facebook

comentários

4 Comments

4 Comments

  1. Angelica Bordignon

    14 de agosto de 2015 at 7:22

    Só mais uma dica; FORTALEZA DO ABUNĀ, interior de ROndonia.

  2. Deise

    25 de março de 2015 at 11:10

    Hualll…cada lugar lindo que nosso Brasil tem =)
    Me encantei nessas fotos.

  3. Joaci luz

    19 de março de 2015 at 20:18

    Gostei muito da inserção do Tepequem. Gostaria de inserir a informação sobre os orwuidarios naturais encontrados nas encostas da serra, que chamamos platô. E também dos eventos culturais que ocorrem ao longo do ano, com o festival de jazz no carnaval, o encontro de turismo rural da Amazônia em novembro e o Rit- rock in tepequem.

  4. LiCo

    19 de março de 2015 at 11:10

    Que bacana. Roraima está nos meus planos!!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…