Blog

Proibida de pedalar em seu país, ela dá volta ao mundo de bicicleta


[Atualizado em 22/06/2017*]
A iraniana Ishbel Taromsari está há dois anos viajando pelo mundo de bicicleta. Muito mais que uma cicloviagem, a jornada de Ishbel é uma atitude a favor dos direitos das mulheres. No Irã, desde 10 de setembro de 2016 uma ordem emitida pelo líder supremo do país, Ali Khamenei, proíbe as mulheres de andarem de bicicleta em público.
Conforme publicou em seu site, Ishbel já conheceu 16 países, dentre eles o Brasil. No continente americano começou a pedalar por Ushuaia, na Argentina. Já no Chile caminhou pelo Parque Nacional de Torres del Paine. “Levei duas tentativas para cumprir este sonho. No Natal de 2015 eu quase perdi a minha vida em uma tempestade de neve. Fui encontrada nos estágios finais de hipotermia”, conta. No Ano Novo já apreciava o primeiro pôr-do-sol de 2016 desfrutando de um uísque com uma pedrinha da geleira.
Nessa jornada, ainda pela América do Sul passou um mês sendo voluntária em um centro de esterilização e adoção de cães de rua, pedalou 5.000 metros acima do nível do mar, para chegar à Bolívia. Com 65Kg de equipamento nos Andes, “foi difícil. Não havia oxigênio suficiente”. Do frio de -20 graus Celsius, pedalou pela “Rota do Che” na já contrastante região de floresta, de Valle Grande, Samaipata, ainda na Bolívia. Depois, conheceu o calor tropical do Pantanal brasileiro. No litoral do Brasil um dos sonhos a realizar é o de surfar.

No Salar de Uyuni | Foto: worldbikegirl.com

Torres del Paine, no Chile | Foto: worldbikegirl.com

Ishbel sonhava caminhar pela Patagônia | Foto: worldbikegirl.com

Durante a viagem, pela América do Sul fez um trabalho voluntário com cães abandonados | Foto: worldbikegirl.com

Foto: worldbikegirl.com

Para saber mais sobre esta história, projetos e saber por onde está pedalando a Ishbel, acesse seu site e siga a página World Bike Girl no Facebook.
Mais também no site Vá de Bike, onde conhecemos um pouquinho desta história.

Foto: worldbikegirl.com

No Brasil

*Em 16/06/2017 publicamos a atualização aqui informando que Ishbel está no Brasil. Aparentemente ela chegou por aqui em junho de 2017 e tem dividido um pouco da experiência no grupo “Cicloturismo Brasil” no Facebook. Ela já falou um pouco do quanto amou Açaí e Caldo-de-cana.
Hoje (23/06/2017) acrescentamos um fato triste aqui: ela foi assaltada na cidade de Anchieta, no Espírito Santo. Levaram sua câmera fotográfica. Felizmente ela está bem. Ela relatou o episódio aqui e aqui.

Vale conferir também…

o filme “O Sonho de Wadja”, que não se passa no Irã, mas na Arábia Saudita. Conhecendo a história de Ishbel, lembrei deste filme que assisti há algum tempo. Bastante interessante e tocante.
Nele, a protagonista, uma menina de 10 anos sonha em comprar uma bike, mas na sociedade conservadora em que vive, mulheres não podem dirigir carros ou pedalarem uma bicicleta. A história se desenrola por aí, misturando amizade, sonho e mostrando um pouco da vida dela e de sua família.
A obra foi o primeiro longa-metragem filmado todo na Arábia Saudita escrito e dirigido por uma mulher, a saudita, Haifaa Al-Mansour. Mais informações sobre o filme no IMDb.

Foto: Reprodução IMDb.

Votar

15 pontos
Upvote Downvote

Total de Votos 17

Votos Positivos: 16

Upvotes percentage: 94.117647%

Votos Negativos: 1

Downvotes percentage: 5.882353%


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…

Pular para a barra de ferramentas