Blog

Setembro Amarelo: Viajar auxilia no tratamento da depressão


Olá desbravadores,

Até o final deste mês aproximadamente 32 pessoas cometerão o suicídio, sendo uma das aliadas dessa atitude extremista a depressão. Desde 2015, o CVV, o CFM e a ABP uniram-se em um projeto de conscientização: o Setembro Amarelo.

Iniciado no Brasil pelo CVV (Centro de Valorização da Vida)CFM (Conselho Federal de Medicina)ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), o Setembro Amarelo realizou as primeiras atividades em 2015 concentradas em Brasília. Mundialmente, o IASP – Associação Internacional para Prevenção do Suicídio estimula a divulgação da causa, vinculado ao dia 10 do mesmo mês no qual se comemora o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

CVV – Centro de Valorização da Vida (uma das principais mobilizadoras do Setembro Amarelo) é uma entidade sem fins lucrativos que atua gratuitamente na prevenção do suicídio desde 1962, membro fundador do Befrienders Worldwide e ativo junto ao IASP – Associação Internacional para Prevenção do Suicídio), da Abeps (Associação Brasileira de Estudos e Prevenção do Suicídio) e de outros órgãos internacionais que atuam pela causa.

No intuito de trazer esperança as pessoas que encontram-se em depressão, convidei o Lucas Perboni do Apoio Clínica de Curitiba, para contar sobre os benefícios de viajar no tratamento contra a depressão, vamos conferir?

 

Viajar é um grande aliado no tratamento da Depressão e Ansiedade

Por Lucas Perboni do Apoio Clinica de Curitiba.

Depressão e ansiedade são considerados os males do século. Diariamente somos despidos de nossa individualidade, trabalhando para obter resultados sobre os quais não nos beneficiamos diretamente. Ligamos a televisão para tirar a cabeça dos problemas e somos bombardeados por mais problemas, tristeza, desgraças e desastres. Não temos controle sobre muitas das coisas que acontecem com o mundo e com a nossa vida, mas podemos escolher como agir ao tomar conhecimento desses problemas. Conheça agora um grande aliado na hora de se desapegar das coisas ruins e caminhar em direção a ser uma pessoa melhor: o gosto por viajar!

DADOS SOBRE O SUICÍDIO

 

  • Por que viajar?

A reposta é simples e por vezes chega até a ser clichê, mas é um clichê verdadeiro. Viajar te permite explorar novos lugares; se desapegar de energias negativas; se afastar temporariamente de pessoas e problemas, a fim de vê-los com mais clareza; aproximar-se de pessoas novas e expandir sua consciência sobre o universo e o que reside nele. É nessas horas que percebemos o quão pequenos são nossos problemas e que, por mais difíceis que eles pareçam, há sempre uma saída.

Viajar pode parecer uma tarefa árdua para quem muitas vezes não consegue sair de casa. Entretanto, uma viagem com os amigos certos (ou até sozinho) pode ser a carga que faltava na sua bateria para começar a encarar os dias com outra perspectiva. Não sejamos ingênuos a ponto de achar que a partir de uma boa viagem tudo será fácil. O Instagram das pessoas é sempre recheados de cachoeiras e pores-do-sol, mas é normal ter dias ruins. Nunca estamos imunes a um eventual mau comportamento do nosso cérebro, não é mesmo?

  • Viajar como tratamento para depressão.

Viajar pode ser cansativo: Turistar, caminhar e aventuras constantes requerem energia, mas nem sempre estamos no auge da nossa disposição. É necessário tirar um bom tempo para dormir e recarregar as baterias. Se apegar muito a planos também não é saudável, pois as vezes eles não dão certo. Fale com as pessoas sobre o que você sente: Viajantes normalmente tem a mente bem aberta e você pode estar abrindo um canal para que as pessoas também exponham seus pensamentos sobre saúde mental. Essa verdade muitas vezes é ignorada.

O interessante de viajar, como ferramenta de tratamento (e não apenas lazer) é o foco em crescimento pessoal. O desligamento das coisas que nos fazem perder o foco no sentido que queremos dar pra nossa própria vida. Viajar é mais do que apenas conhecer lugares e pessoas, é sobre tomar o controle da situação e enxergar tudo com novos olhos!

Claro que nenhuma doença se cura sem ajuda médica. Problemas psicológicos não são excessão: devem ser tratados com a devida seriedade e acompanhados de perto por profissionais. Viajar ajuda, mas não faz todo o trabalho! Se você acha que pode ter depressão ou sofrer de ansiedade, procure um profissional qualificado para realizar tratamentos.

Espero que as palavras do Lucas Perboni motivem as pessoas que acreditam sofrer de depressão ou ansiedade, e que possamos caminhar sempre em direção do crescimento pessoal.

Au Revoir, Ciao, Hasta Luego, See you later, Até logo!

Michellândia

Nas redes ?

✈Facebook: @blogmichellândia
✈ Instagram: @blog_michellandia
✈ Bloglovin’: Michellândia
✈ Linkedin: Michelle Graça
✈ Mochila Brasil: Autora Michelle Graça

Foto Capa: Creative Commons

Votar

1 ponto
Upvote Downvote

Total de Votos 3

Votos Positivos: 2

Upvotes percentage: 66.666667%

Votos Negativos: 1

Downvotes percentage: 33.333333%


Comentários do Facebook

comentários

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…