Blog

VanLife: A geração nômade motorizada


No Google o termo “vanlife“, usado pra definir o estilo de vida de quem vive a bordo de uma van/kombi,  já possui mais de um milhão de resultados. No instagram também são mais de um milhão de fotos com a hashtag #vanlife, mas o que realmente confirma que 2016  foi o ano do nomadismo sobre rodas,  são os resultados do Google Trends. Os números não mentem, parece que a geração Y encontrou uma forma de romper com o estilo de vida tradicional.  Pra quem acha que isso seja “coisa de gringo”, pesquisando para o nosso especial sobre Viajar de Kombi,  me surpreendi com o número de brasileiros que estão vivendo dessa forma.  Alguns até passaram a relatar suas experiências no Youtube.

O casal americano Corey e Emily do canal Where’s My Office Now? – Foto: arquivo pessoal

“Que sonho… e como eu faço pra pagar as contas?”

A primeira coisa que passa pela cabeça de quem pensa em viver assim é como se virar pra bancar esse estilo de vida e essa é uma pergunta que não tem apenas uma resposta, tem várias. Uma delas é: continuar trabalhando, só que na estrada.  O casal curitibano Daphine Augustini e Marcelo Simões paga as contas vendendo produtos e fazendo apresentações artísticas , os americanos Corey e Emily do canal  Where’s My Office Now?, bancam a vida nômade desenvolvendo sites e aplicativos para web. O casal Thay Morais e Álvaro Machado transformou sua Kombi em Food Truck e o argentino Franco Paltrinieri fez o mesmo e está viajando até o Alasca sem data pra voltar ou seja, as pessoas usam suas aptidões profissionais e/ou artísticas para pagar as contas na estrada, não tem mágica.

O casal curitibano Daphine Augustini e Marcelo Simões e a sua Kombi Sacica

O casal Thay Morais e Álvaro Machado que transformou sua Kombi em Food Truck

O argentino Franco Paltrinieri que está viajando até o Alasca sem data pra voltar

 

Vida simples = Vida barata!

Assim como fazer um mochilão roots, o nomadismo sobre rodas é um estilo de vida simples. Quem vive na estrada, vive apenas com o essencial. Um carro para viver assim também não custa tão caro como muitos pensam, nós já mostramos aqui como transformar um kombi em um quase motorhome com menos de R$ 3.000 e a contamos a história do Murilo Braido que montou uma Kombi Motorhome com menos de R$ 14.000.  Se comparada com os gastos de uma vida confortável em grandes centros urbanos como Rio e São Paulo, que inclui alimentação, aluguel, luz, água, tv a cabo e internet e mais algumas saidinhas pra baladas ou restaurantes por exemplo, a vida nômade é barata.  Se ainda levarmos em conta que as pessoas acabam gastando mais do que ganham e se endividam para comprar coisas que não precisam, viver simples, trabalhando na estrada, passa a ser uma alternativa totalmente viável.

A Kombi de Jah do Murilo Braido que saiu por menos de R$ 14.000

Troque sonho por planejamento

Se você sonha em ter uma vida nômade troque a palavra sonho por planejamento. Confira nosso post com 6 dicas essenciais para você conseguir juntar dinheiro para viajar em 2017 … e não deixe o platonismo te engolir! (não deixe de assistir o vídeo abaixo)

Para mais posts com esse assunto, coloque em seus favoritos a nossa página com a tag: Vanlife

Votar

2 pontos
Upvote Downvote

Total de Votos 2

Votos Positivos: 2

Upvotes percentage: 100.000000%

Votos Negativos: 0

Downvotes percentage: 0.000000%


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…