América do Sul

Conheça a ‘Pacha Trek’ , nova rota turística boliviana

Os Viceministérios de Turismo e de Meio Ambiente e Água bolivianos anunciaram no último dia 3, um novo* destino nacional, a Pacha Trek. As belas paisagens e tradições da região da cordilheira de Apolobamba são os destaques da rota cujas cidades de Charazani, Pelechuco, Curva e Apolo (Província Bautista Saavedra – departamento de La Paz) fazem parte.
De acordo com o viceministro de Meio Ambiente e Água, Roberto Salvatierra em entrevista ao jornal El Diario, foram investidos 2 milhões de bolivianos para desenvolvimento do turismo comunitário biocultural na região. Já o governador de La Paz, César Cocarico afirmou que 367 famílias dos municípios da rota serão beneficiadas.

Trecho da Pacha Trek na região de Pelechuco | Foto: Aram Kudurshian

Trecho da Pacha Trek na região de Pelechuco | Foto: Aram Kudurshian

 

Área de região de Curva | Foto: Sarah Stout

Área de região de Curva | Foto: Sarah Stout

 

Cultura Kallawaya

Qolla kapachayuh em ritual | Foto: David Ducoin/Tribuducoin.com

Qolla kapachayuh em ritual | Foto: David Ducoin/Tribuducoin.com

A rota está em território Kallawaya, destacou Cocarico. “A Cultura Kallawaya é o reflexo dos costumes de nossos povos originários que é rico por sua história, cultura, medicina etc”.
Grosso modo, os Kallawaya  (ou Callahuaya ou ainda Callawalla) são curandeiros tradicionais itinerantes dos andes. Eles utilizam plantas, minerais e produtos de origem animal para em rituais tratarem doenças.
Callahuaya também é uma língua (em via de extinção) passada de pai para filho ( raramente passada às filhas – quando ocorre é porque o médico callahuaya não tem filho).
Entre os bolivianos, a região onde é falada a língua é conhecida como “Qollahuayas” ou “lugar dos medicamentos” e os falantes como “Qolla kapachayuh”, ou “senhores da bolsa de remédios”.
Kallawaya foi abordada por dois linguistas no ‘The Linguists’, documentário de 2008 que aborda línguas em extinção. Confira o trailer:

– Um pouco mais sobre a Cultura Kallawaya: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cultura_kallawaya

– Confira (clicando aqui) imagens do fotógrafo Vitalijs Rusanovs que expôs seu trabalho sobre a Cultura Kallawaya no Museu Grassi, que fica em Leipzig, Alemanha.

Mais imagens da Cordilheira de Apolobamba

Foto: Matthew Garrisson/Indomitablemachine

Foto: Matthew Garrisson/Indomitablemachine

Estrada para Pelechuco | Foto: happy.apple

Estrada para Pelechuco | Foto: happy.apple

Vista da Apolobamba a partir de área da cidade de Charazani | Foto: peti-txu

Vista da Apolobamba a partir de área da cidade de Charazani | Foto: peti-txu

*O destino é pouco divulgado/conhecido entre os brasileiros e no âmbito ‘oficial’ foi lançado na primeira semana de dezembro de 2014, mas a região já recebe trekkers de todo o mundo, sobretudo europeus.
Nós já falamos da região aqui numa matéria que divulgou resultado de análise de 137 áreas protegidas, em 34 países as quais foram chamadas pela revista Science de “Insubstituíveis”. (10 lugares insubstituíveis).
Um dos nossos leitores recomendou a área de Apolobamba na matéria “As outras cidades perdidas da América do Sul”.

Saiba mais

Mais informações sobre a rota (e outros trekkings na região) podem ser obtidas no site http://www.turismoapolobamba.com/

A imagem que abre o post é de Curieux Voyageurs.

Votar

0 ponto

Total de Votos 0

Votos Positivos: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Votos Negativos: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários do Facebook

comentários

5 Comments

5 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…