América do Sul

Uruguai: amor à primeira vista

Quando você vai ao Uruguai volta com boas lembranças, lindas imagens e saudade, muita saudade. É lugar pra ‘até logo’, não para adeus.
É um lugar especial, que parece já ter conseguido dar um passinho à frente em algumas questões: a mais recente campanha contra o desarmamento propõe a entrega de armas em troca de um computador ou de uma bicicleta (avanços tecnológico e sustentável), já há, desde dezembro passado, a Lei da Interrupção Voluntária da Gravidez, lei que descriminaliza a prática, uma lei “pró-direitos e não a favor do aborto”. É um país que ‘pode’ proibir por o futebol em resposta à violência dentro e ou fora de campo, é um país cujo presidente eleito diz que os efeitos do tráfico são piores do que as drogas e seu legislativo analisa legalizar o consumo e a venda de maconha; é um país cujo presidente dispensa as regalias do cargo, tem e dirige um Fusca 1987 e doa 90% do seu salário de presidente.

Carro antigo em Colonia del Sacramento - Foto: Silnei L. Andrade

Carro antigo em Colonia del Sacramento – Foto: Silnei L. Andrade

Exceto nas grandes ruas de Montevidéu não há semáforos e no trânsito mais vale a educação que as regras. É um lugar onde as pessoas andam sem pressa, aproveitam seus belos parques e praças, num ritual que chega a ser até curioso pra nós brasileiros (sobretudo para os que vivem nas grandes capitais): vimos muito a cena do trio cadeira de praia + grama + mate = felicidade, esta, em família, entre amigos, sozinho com um livro…
Por lá há aulas de português (opcional) nas escolas e em 2009 o Uruguai se tornou o primeiro país a oferecer um laptop e internet gratuita a cada criança do ensino básico.
Ainnn e tem carne boa, e tem doce de leite bom e tem cerveja razoável (Zillertal, a meio Heineken deles) e não é tão caro pra se viajar, e tem estradas boas…
E você deve estar se perguntando: Poxa e esses caras não têm defeito não é?!. A gente diz: têm! São humanos! Ah e eles têm Punta del Este* (risos).

Bem, de fato, o país não é um grande segredo pra muitos brasileiros, já que é bastante visitado por nós, mas seguramente guarda muito boas surpresas pra quem nunca foi e pra quem pretende voltar.
Pra nós foi ‘amor à primeira vista’ e as dicas e informações sobre os destinos uruguaios que visitamos você confere nos próximos dias.

Vista do pôr-do-sol a partir do Farol de Cabo Polonio - Foto: Silnei L. Andrade

Vista do pôr-do-sol a partir do Farol de Cabo Polonio – Foto: Silnei L. Andrade

O presidente mais pobre do mundo

O modo como vive o presidente José Mujica, 77 (além daquela cara de vovozinho gente boa), chama atenção.
Mujica, ou Pepe como é conhecido, foi líder da guerrilha urbana uruguaia, Tupamaros. Por conta da militância, passou mais de 14 anos preso (foi capturado em 72, em plena ditadura militar no país, que durou até 1985).
Doa 90% do salário de presidente, o que deixa-o com um salário por volta de US$ 800. Cultiva crisântemos com a mulher, Lucía Topolansky (com quem se casou em 2005), também ex-guerrilheira e agora senadora. Dizem que ele nunca usa gravata. Dispensa a confortável casa presidencial, regalias, empregados e segurança pessoal. Seu mais recente passeio de férias com a esposa virou hit nas redes sociais. Na foto o casal aparece num momento ‘gente como a gente’ (tipo frase de revista de fofoca :P).
A inglesa BBC, cita o fato de a imprensa internacional ter chamado Mujica de o ‘presidente mais pobre do mundo’ em uma reportagem que mostra um pouco de uma visita ao presidente uruguaio. Para os interessados, vale a leitura (aqui  – em espanhol).

A maconha vendida sob o controle do governo

Um dos fatos que podem gerar curiosidade dos brasileiros é o tema descriminalização da maconha no Uruguai. O tema também pode ter feito com que os índices de popularidade do presidente tenham caído um pouco. Como em tudo, e em todas as partes, há gente contra e há gente a favor.
O projeto que regulamenta o comércio da maconha no país seguiu para análise do legislativo, porém foi pedido pelo presidente que o mesmo fosse retirado de pauta, até que ele tenha a aprovação de pelo menos 80% dos uruguaios, para que então possa ser votado no congresso, de acordo com informações publicadas no jornal Correio do Brasil.
Não tivemos acesso ao texto do projeto, mas de acordo matéria publicada pela BBC ele “… prevê a venda de no máximo 40 gramas mensais por adulto registrado (anonimamente, via um cartão, pelo governo) e também admite o cultivo para consumo individual em casas (até seis plantas por residência) e clubes (com até 15 membros e até 90 plantas) (…)”.
Hoje a posse pessoal de maconha e seu consumo não são punidos no país, mas a comercialização e cultivo são proibidos.
Duas matérias publicadas pelo Site OperaMundi (aqui e aqui ) podem ajudá-lo a entender melhor a questão e para os suuuuper interessados no assunto, o presidente já avisou: não aceitará o “turismo da maconha” no Uruguai, declaração noticiada pela Folha de S.Paulo.

Gaúcho uruguaio em uma das diversas fazendas de criação de gado ao longo da Ruta 5 - Foto: Silnei L. Andrade

Gaúcho uruguaio em uma das diversas fazendas de criação de gado ao longo da Ruta 5 – Foto: Silnei L. Andrade

Importante saber também:

Moeda e cotação: A moeda do Uruguai se chama Peso (Peso Uruguaio). Estivemos no país em janeiro e pegamos cotações entre R$ 1 = 9,40, 9,10 (com cambista e instituição financeira, no mesmo dia, respectivamente) e 8,50 e 8,60 pesos.
Aceitação de Reais: boa parte do comércio dirigido a turistas (hostels, pousadas, hotéis, restaurantes), nas cidades turísticas aceitam a moeda brasileira, mas é sempre bom ter a moeda local na mão, para utilizar fora desses locais, numa farmácia, mercadinho, nas entradas de museus etc.
Vale ressaltar que o comércio prefere receber em dólar americano ou em peso uruguaio e se tiver com alguma dessas moedas não mão não corre o risco de ter uma cotação eventualmente desfavorável a você.
Conversão rapidinha: ficar fazendo conta de quanto se está pagando por x ou y em determinado lugar, nem sempre é fácil ou divertido, como a cotação é aproximada a R$ 1 = 10 pesos, na hora de pagar uma conta num bar por exemplo. Se ela deu 300 pesos, você pode pensar: acabo de gastar perto de R$ 30.
Quanto custa? Uma cerveja de 1L pode custar, 100, 120 pesos (R$ 10, R$ 12); uma garrafinha de 500ml de água mineral pode custar 50 pesos numa cidade turística e uma de 1,5L, 20 pesos numa cidade não turística.
Hospedagem: Há campings, hotéis e hostels no país. Um quarto privativo para casal custa em torno de 1000, 1200 pesos (coisa de R$ 100, R$ 120). Quarto compartilhado, 400, 500 pesos por pessoa; camping 150 e 250 pesos por pessoa.
Estradas: Fizemos nossa viagem pelo país de carro e foram cerca de 7 pedágios, custando 55 pesos cada (eles também poderiam ter sido pagos em Real). As estradas estão em excelentes condições, mas por incrível que pareça, não vimos um ônibus circulando por elas nos dias que estivemos por lá.
Caso você vá de carro ou moto, a velocidade permitida nas estradas do país é de 90Km/h, exceto em (pouquíssimas) áreas onde há avisos de que os 110Km/h são permitidos.
Em nenhum momento fomos parados por guardas de trânsito (ou qualquer outro tipo) no país.
Trânsito: Nas ruas ou estradas você deve manter a lanterna do seu veículo ligada, quando em movimento.
Seguro Carta Verde: para circular no país, você terá que ter o seguro (também exigido por Paraguai e Argentina). Na entrada do país já lhe é exigido o documento.
Falaremos sobre nos próximos dias.
A gasolina: o litro de gasolina no Uruguai pode chegar perto de R$ 4. Sempre custava fatídicos 370 pesos o litro. Não podemos negar que é uma gasolina de qualidade, pura; a Nafta. “Já vem com Octane”, comentou bem humorado um frentista que certamente percebeu nosso ar de tristeza por ter que pagar tanto por um litro de gasolina.
Octane é um aditivo da STP, que misturado à gasolina, promete a melhora da potência do motor do carro através da limpeza que promove.

Carro antigo estacionado na rambla de Montevidéu - Foto: Silnei L. Andrade

Carro antigo estacionado na rambla de Montevidéu – Foto: Silnei L. Andrade

O Uruguai que conhecemos

Nos próximos dias traremos dicas e informações do nosso roteiro pelo Uruguai. Acompanhe!
Na galeria de fotos abaixo, você tem uma prévia dos cantinhos deste belo e interessante país!

* Os amantes de “Punta” que nos desculpem… mas, Punta del este é um destino meio anti-mochileiro, mais bem dito, mochileiro é meio anti-Punta del este; não somente pelos preços exorbitantes, mas pela ‘vibe’ local, meio ‘amaurilização junior’ da vida, se é que vocês me entendem.
De qualquer forma, como a curiosidade é inerente ao ser humano demos uma passada, passada mesmo, pela ciudad.
Para aquela mão na praia que você vê em muitas fotos por aí, nós demos tchau!
A ‘mão’ , é um importante monumento local, conhecido no mundo todo, o Monumento al Ahogado (Monumento ao Afogado, em português) do artista chileno Mario Irarrázabal, quem mais tarde as replicou em Madri, no deserto do Atacama, no Chile e em Veneza, na Itália.
Como era noite, a cidade fervia, absolutamente repleta de argentinos super bronzeados com seus SUV e, Ray-bans. Também pensei que a qualquer momento alguém pudesse gritar “Béu abigoooo” (brincadeirinha).
Ali “pegamos” um Mc Donald’s, pra matar a fome e pra utilizar o wi-fi pra buscar algum lugar pra dormir. Aproveitamos também pra fazer a troca de alguns Reais por Pesos e estrada!
Confesso que fiquei com vontade de conhecer o Casapueblo, bem do ladinho de Punta del Este, em Punta Ballena. Ali, o artista uruguaio Carlos Páez Vilaró construiu uma espécie de vila-obra de arte, onde há museu, galeria e hotel. É um dos pontos mais belos e visitados do Uruguai e dizem ter além da sua própria beleza, magnificas vistas. Ficou pra próxima…

Conheça o primeiro destino uruguaio que conhecemos, Rivera (aqui) e seus free-shops (aqui)!

De Rivera rumo à Colonia, muitas belezas no caminho. Confira aqui!

Em Colonia del Sacramento, encanto. Conheça aqui!

Nos próximos dias mais destinos uruguaios, acompanhe!

Votar

0 ponto

Total de Votos 0

Votos Positivos: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Votos Negativos: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários do Facebook

comentários

25 Comments

25 Comments

  1. Pingback: 'O Uruguai é aqui!' acontece dia 08 em São Paulo - Mochila Brasil

  2. Daniel Arndt

    21 de outubro de 2013 at 11:14

    Ótimo post, mas você poderia fazer uma lista das melhores cidades a se visitar? Pretendo ir ao fim do ano e não quero perder nada.

  3. Ana Christ

    19 de julho de 2013 at 16:17

    Olá! Parabéns pelo excelente relato e pelas lindas fotos. Li todas as matérias sobre o uruguai e gostaria de tirar algumas dúvidas.
    1-Quantos dias vcs ficaram no Uruguai? Acha que cinco dias são suficientes?
    2-Você acha que em um dia dá pra conhecer Cabo Polônio (incluindo as ilhas)?
    3- Chegaremos em Montevideo e alugaremos carro de lá. Sabe se mesmo alugando carro local precisa da tal Carta Verde?
    Obrigada desde já e, mais uma vez, parabéns pelo blog.

  4. LiCo

    29 de março de 2013 at 14:38

    Iéééés Claudia, Uruguai é super bacana, gostei muitão!!! Um tour pelo litoral também é uma boa pedida: http://www.mochileiros.com/uruguai-em-fevereiro-de-2011-diario-de-bordo-t52957.html

  5. Pingback: Cidade Baixa é opção para mochileiros de passagem por Porto Alegre - Mochila Brasil

  6. Pingback: Uma Chuy e uma Chuí - Mochila Brasil

  7. Pingback: Conhecendo a capital uruguaia, Montevidéu - Mochila Brasil

  8. Jéferson Dal Molin

    1 de março de 2013 at 17:42

    Olá Claudia!

    Muito legal seu post, você descreveu muito bem exatamente o que eu senti ao visitar o Uruguai.

    Gostei muito das suas fotos… tem mais alguma que poderia compartilhar comigo?

    Obrigado!

  9. Pingback: Santana do Livramento - Brasil X Rivera - Uruguai: tudo junto e misturado - Mochila Brasil

  10. Janaína

    25 de fevereiro de 2013 at 11:12

    Excelente relato!!! Espero os próximos! rs

    • Claudia Severo

      Claudia Severo

      25 de fevereiro de 2013 at 22:45

      Oi Janaína! Que bom que gostou!
      Fique de olho, que nos próximos dias tem mais 🙂

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

ou

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…