Notícias

Guia incentiva turismo sustentável no extremo sul da capital paulista


Sim, ainda na capital há rios de águas limpas, cachoeiras e matas preservadas e até um ponto onde é possível avistar o mar.
Para alguns mochileiros o extremo sul da cidade ou parte dele já é conhecido, mas se esse não é o seu caso, esta é uma boa opção para explorar.
Para mostrar um pouco da biodiversidade da região e seu patrimônio histórico e cultural, a SPTuris, a Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA) e o Instituto Kairós-Ética e Atuação Responsável, com ajuda da sociedade civil, elaboraram o guia “Ecoturismo e Agroecologia no Extremo Sul de São Paulo”.
O próprio guia diz não trazer roteiros predefinidos. “Ele apresenta a região com seus atrativos e sua infraestrutura e convida o visitante a descobrir essa parte de São Paulo por conta própria. Permite que ele elabore seu caminho de acordo com a área de interesse e com a disposição para viajar”.

Onça Parda (Puma concolor capricornensis) que vive nas áreas de floresta bem preservada da Zona Sul, longe das pessoas e da cidade | Reprodução do guia “Ecoturismo e Agroecologia no Extremo Sul de São Paulo”.

E o que mais a gente quer?!
Baixe o guia (arquivo .pdf), planeje-se e conheça um pouco mais desta surpreendente São Paulo!

Votar

0 ponto
Upvote Downvote

Total de Votos 0

Votos Positivos: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Votos Negativos: 0

Downvotes percentage: 0.000000%


Comentários do Facebook

comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top

E aí, tudo bem? Bora logar!

Entrar

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Fechar
de

Enviando Arquivo…

Pular para a barra de ferramentas